domingo, 3 de novembro de 2013

NÃO EXISTE DIA RUIM

Arte de Fatturi

Não existe dia ruim. Sempre há chance do dia ser feliz. Mesmo que seja tarde. Mesmo que seja de madrugada. Uma gentileza salva o dia. Um bife milanesa salva o dia. Uma gola branca e engomada salva o dia. Uma emoção involuntária salva o dia.

Nunca o dia está inteiramente perdido. Não devemos acreditar que uma tristeza chama a outra, que se algo acontece de errado tudo então vai dar errado. Lei de Murphy não foi aprovada pela Câmara dos Deputados.

Confio no improviso, na casualidade, no movimento das cortinas na janela.

Até o último minuto antes da meia-noite, você pode resgatar o contentamento. É uma gargalhada do filho diante da papinha, transformando a cadeira num imenso prato. É algum amigo telefonando para confessar saudade. É sua mulher procurando beijar a orelha mandando sinais de seu desejo. É o barulho da chuva na calha, é o estardalhaço do sol na varanda. É encontrar - iniciando na tevê - um filme que adora e já assistiu cinco vezes. É oferecer colo ao seu gato. É planejar uma viagem de férias. É terminar um livro que abandonou pela metade. É ouvir sua coleção de LPs da adolescência. É comprar uma calça jeans em promoção. É adormecer no sofá e receber a coberta silenciosa de sua companhia. É a possibilidade feminina de passar um batom e pintar as unhas. É possibilidade masculina de devolver a bola quando ela sobe a cerca num jogo de crianças

A felicidade é pobre. A felicidade precisa de apenas um abraço bem feito.

Sigo esperançoso. Não coleciono tragédias. Sofro e apago. Sofro e mudo de assunto, abro espaço para palavras novas, para lembranças novas.

Vejo o esforço da abelha tentando sair do vidro, e não sou melhor do que ela. Vejo o esforço da formiga carregando uma casca de laranja, e não sou melhor do que ela. Viver é esforço e nos traz a paz de sonhar – querer não fazer nada é que cansa.

Não existe dia que não ganhe conserto. Não existe dia morto, dia de todo inútil.

Não desista da alegria somente porque ela se atrasou. Pode ter recebido esporro do chefe, ainda assim a hora está aberta. Comer um picolé de limão é capaz de restituir sua infância.

Não encerre o expediente com o escuro do céu. Pode não ter grana para pagar as contas e ter que escolher o que é menos importante para adiar, ainda assim é possível se divertir com o cachorro carregando seu chinelo para o quarto.

Quando acordo com o pé esquerdo, sou canhoto. Não existe dia derrotado.



Publicado no jornal Zero Hora
Revista Donna, p.6
Porto Alegre (RS), 03/11/2013 Edição N° 17603 

12 comentários:

Anônimo disse...

"A felicidade é pobre. A felicidade precisa de apenas um abraço bem feito."
Meu querido Fabrício e ainda recordo do seu abraço franco e cheio de carinho em frente ao Theatro Pedro II, aqui em Ribeirão Preto, um pouco antes de uma memorável palestra para uma maioria adolescentes... E estava eu como a fã que conseguiu um extra entre os demais...
Obrigada por lembrar-me que a vida é bem mais simples que as nossas conjecturas mirabolantes...
Um terno abraço!
Sandra Torres

Marielli disse...

" Ser feliz é simples... difícil é ser tão simples assim"
Ótima inspiração para inicio de semana!
"Não existe dia ruim. Sempre há chance do dia ser feliz. Mesmo que seja tarde. Mesmo que seja de madrugada" ( No meu caso, estou lendo isso agora: 02:06 da madrugada) seus textos, sempre alegram e salvam qualquer madrugada, manhã...ou por do sol. Abraços Carpi, obrigada pela sua delicadeza.


Marielli Gomes.

Santa Maria-RS coração do Rio Grande!

A Vida disse...

http://devaneiosdesobrevivencia.blogspot.com.br/2013/11/lembrancas-de-um-passado-sublime-breve.html#more

Ana Paula disse...

O dia começou ruim - estávamos atrasados para a escola. Adentrei correndo e segurando a mão da filha. A professora também estava atrasada e as crianças aguardavam enfileiradas na porta da sala de aula. Freei a correria e fui recebida pelo aroma de amaciante. É segunda feira! Os uniformes se banharam no final de semana só para trazer cheirinho bom de segunda-feira.
A felicidade é pobre...
Beijo

Anônimo disse...

04/11, véspera do meu aniversário, saindo de um final de semana que começou triste, com um desentendimento com alguém amado. É Fabrício, era desse texto que eu precisava hoje. Obrigada.

Bela Campoi disse...

Exato, o otimismo é alma dos felizes! Ótimo texto pruma segunda-feira!

Stéphanie Castrezana disse...

Preciso dizer que sou uma grande fã do seus textos.
A forma com que brinca com as palavras... é SENSACIONAL!!!

Mas hoje, especialmente hoje, esse texto mudou meu dia, que acordou tão ruim... e hoje você o fez diferente. Muito obrigada por compartilhar tanta coisa boa conosco. Beijos

Anônimo disse...

Na tentativa de salvar o meu dia - ou, quem sabe, o de outros -, deixo aqui uma "proposta": http://www.caroestranho.com/

Como sempre, obrigado pelas belas palavras. Um grande e sincero abraço.

sidcley disse...

Hoje 05/11/2013 meu dia começou ruim... Trabalhei com sono, preocupado com dívidas e com minha iminente separação com a mulher e a sensação chata de sentir-me um Zé ninguém. Me achando as vezes feio e ridículo! Um merda que trabalha a 13 anos na mesma empresa sem muitas perspectivas... Mas ao ler seu texto, foi que descobri que há beleza em dias supostamente ruins... ha poesia até mesmo nas ,simples coisas... Obrigado por eu poder dormir melhor.

Fabíola Simões disse...

Que texto!!! Me pegou num dia difícil e descobri que "a felicidade é pobre"... obrigada por compartilhar tanta poesia e alegria! Abraço!

["/]jeaninedemoraes["/] disse...

Por isso (e outras) que eu sempre digo e repito: - Sou uma pessoa muito rica! Abração!

Rosa Clara Modas Evangélica disse...

Ótimos conteúdos de artes.Parabéns, continue assim. Att.
www.rosaclaraconcept.blogspot.com.br