sábado, 5 de abril de 2014

JOGANDO AMARELINHA


Se amor fosse por afinidades, estaríamos resolvidos. 

Se amor fosse por semelhanças, estaríamos tranquilos. 

Se amor fosse por amizade, estaríamos calmos.

Mas amor não é feito de razão, não é uma decisão, não é uma escolha consciente. 

Amor é um tormento, um redemoinho de pássaros, uma inquietação espantosa. 

Não há como estabelecer: vou amá-lo, vou amá-la, apesar de ser a pessoa ideal para estar conosco. 

As pessoas ideais jamais são amadas. Elas são desejadas, mas não amadas. Elas são admiradas, mas não amadas. 

Não há como se convencer de que se gosta de alguém, infelizmente, assim seria mais fácil.

Ama-se quem a gente menos espera, quem mais nos surpreende, quem mais nos irrita, quem mais nos desafia.

O amor é do contra, o amor é oposição, o amor é uma insegurança atenta.

Amor é a primeira vista ou não é amor - paga-se com a vida antecipadamente. Não é parcelado, não é um costume agradável. 

O amor não vem com o tempo, fecha o tempo.

Pode se apaixonar, pode ter arrebatamentos, atração, gana de ficar, mas amor mesmo é fulminante desde o início e sempre. 

Não é uma negociação, não é uma definição pelo melhor. É uma imposição química, emocional, seja como for. 

Amor não é dote, não é indicação de pais e amigos, não é perfil equilibrado. É um erro inspirado. Aquele que erra ao amar acerta o amor. 

Por isso, é tão difícil amar. Por isso, é tão difícil deixar de amar. 

Amor não é caminhar na chuva, é ser sorteado pelo relâmpago.

Talvez encontre alguém que adore conversar, adore transar, adore estar junto, mas não significa que amará. Os dias felizes serão agradáveis, os dias tristes serão agradáveis, mas não será suficiente. Faltará aquela intensidade explosiva.  

Com o amor, talvez brigue na hora de conversar, na hora de transar, na hora de estar junto, só que se enxergará inteiro como nunca, porque tudo faz sentido na falta de sentido, tudo é o dobro de ardor. Os dias felizes serão os mais felizes, os dias tristes serão os mais tristes. Não terá a mornidão, a neutralidade, o purgatório. 

Amor é extremo: céu ou inferno. O jogo da amarelinha é feito de pedras, não de flores. 

Amor é contundência implacável, não é adiamento e concordâncias. 

Ou você acredita no amor ou confia no amor. São duas posturas distintas. 

Quem acredita no amor não ama, tem vontade de amar, faz uma volta ao mundo para se convencer que está amando, é capaz de fingir ou mentir para si que está amando. No fundo, sabe que está sozinho, que vive racionalmente, que tem o domínio da situação, que tem condições de sair da relação a qualquer momento e não sofrerá absolutamente nada. Acreditar no amor é forçar o amor. Inventar o amor. Forjar o amor. 

Já confiar no amor é quando não temos mais controle sobre o próprio sentimento: a mera possibilidade de uma separação é devastação. Confiar no amor é aceitar o amor. Obedecer ao amor. Sofrer com o amor. 

Quem acredita no amor vive se explicando. Quem confia não precisa nem de explicação: o amor é uma realidade incontornável.


Publicado na Revista Isto É Gente
Abril de 2014 p. 54
Ano 14 Número 707
Colunista

17 comentários:

Anônimo disse...

Carpinejar,tudo bem?
Sou "Alan Souza" Garoto de programa, compositor e Escritor. Autor do livro Mentiras e Farsas. No meu blog- www.alansouzagp.blogspot.com vc verá entrevistas, matérias e documentário. Estarei em SP, final deste mes e ficarei 15 a vinte dias por aí gravando programa de tv.
Gostaria participar do seu programa.
Se estiver afim fazer entrevista comigo seria muito bacana. O q acha?
EMAIL PERNALONGA89@BOL.COM.BR

Anônimo disse...

893LEIA SOZINHO porque no passado eu também não acreditava que ia dar certo, mas… funciona mesmo!!! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A pessoa que eu copiei também não acreditava mas para ela também funcionou! AGORA VEREMOS…
Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)…
Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes).
Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre rl de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que rl venha para MIM , afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele não pense mais nas outras… mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém…).
Publique esta simpatia por três vezes , basta copiar e colar por três vezes em in forum diferente esta simpatia abaixo e logo em 48hs você terá uma linda surpresa, beijos Ainda esta noite de madrugada o TEU amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas da manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençoará e sua vida não será mais a mesma

Anônimo disse...

Cara...Você é, sem dúvida o melhor escritor, q já vi.
Seus textos são demais.
A sua lógica é conturbada mas q faz sentido. Vc é muito inteligente.
Meu nome é, itala kely.
prazer

Dani Moscatelli disse...

Lindo! Exprime exatamente o que eu penso sobre o amor! Compartilhei no face ;)

Tatyani Francini dos Santos disse...

Surpreendente a forma como expressa em palavras aquilo que todos sentem!

Tânia Regina disse...

Arrebatador seu texto!
Amo os poetas pq eles são capazes de traduzir o sentimento de pessoas que desconhecem, mas que se assemelham na humanidade.
Te conheci hj. mas ja te amo!
Tânia

Anônimo disse...

Lindo!

Anônimo disse...

Simplismente amo o q tu escreves.

Ass.: Lara / SP

FRIDA disse...

Fico sem fôlego com tuas palavras...sempre!

E então escrevo para respirar novamente...um dia quem sabe, espias...wwwfrida-almanua.blogspot.com/‎

PAULA VIVIANE disse...

LINDO!

Cíntia disse...

Tão bonito te ler, Fabrício... Tão doce os beliscões que o seu texto dá na gente...
Cada vez me encanto mais.
Minha admiração, Carpinejar. Você tem minha admiração.

Forte abraço,

Cíntia, de BH.

Bonequinha de Jambo disse...

QUANTA VERDADE... PARABÉNS!

Janice Bullé disse...

Lindo, amei!
Posso compartilhar? Darei o seus créditos, quero que todo mundo o conheça, vc é brilhante! Parabéns!

Elisangela Ferreira de Melo disse...

Simplesmente seus textos são minha cara! Qdo comecei a ler não queria acreditar que a maioria dos textos parecessem com o que vivi/vivo.
Meus amores passados, os amores que vivo, enfim... tudo!
Qdo li 'Mulher Perdigueira' falei pra mim: "nossa, ele é o cara!"
Amo seus textos, viciei em seus livros. Viciei no amor.

Estarei em Recife no evento Papo de Universitário só pra ver sua palestra e espero poder pegar um autógrafo seu.
beijos.

Anônimo disse...

Simplesmente lindo! Postei no meu perfil do Face. "Amei"!

Heliomar Lara disse...

Seus textos tem contribuído para solidificar o meu amor pela minha amada.

Dylan heidmann disse...

Muito lindo. Tuas palavras cravaram no meu peito.