terça-feira, 3 de dezembro de 2013

SAUDADE A DOIS

Arte de Alexandre Cabanel

A saudade tem prazo de validade.

Não pode permanecer muito tempo guardada. Não pode permanecer muito tempo não sendo correspondida.

Depois de aberta e fora do convívio, assim como o leite, a saudade azeda. E não há memória refrigerada para conservá-la.

Quando passa da hora, aquela falta ansiosa e comovente é capaz de se tornar ironia e sarcasmo.

O suspiro se transforma em ofensa – nos enxergaremos tolos e burros por confiar cegamente em alguém e esperar à toa. Reclamaremos nossa idiotice por termos feito uma vigília em vão, por termos esquecido de viver.

Já não queremos que o outro volte, já desejamos que ele nunca mais apareça em nossa frente. Violentaremos as lembranças, fecharemos a reza.

A ternura de antes será trocada pela raiva de não ser atendido. Mudaremos a personalidade de nossa conversa, de doce para ácida. Pois o segredo (a saudade é um segredo!) que nos alimentou durante meses não fora respeitado.

Infelizmente, a saudade apodrece.

Quando deixamos de pedir a presença para cobrar a ausência. É sutil o movimento. Toda a atenção dedicada ao longo de um período começa a ser vista como desperdício. Não aconteceu retorno das juras, nem o estorno das expectativas.

Você mandou centenas de mensagens, renunciou saídas com amigos e bares, teve uma vida discreta e fiel, só para honrar uma despedida, e percebeu que, no fim, sempre esteve sozinho na saudade.

Saudade é como o amor. Perece quando não é a dois.

Aliás, quando a saudade não é a dois, deixa de ser saudade para se descobrir solidão.

A saudade é o que guardamos do amor para o futuro. É o que deixamos para amar no futuro.

Nada dói tanto quanto um amor que não vingou após os cuidados do plantio.

Nada dói tanto quanto a saudade que envelhece, uma saudade que definhou pela indiferença, que não foi valorizada pela nossa companhia, que não desembocou em festa.

Nada dói tanto quanto promessas feitas gerando ressentimento.

A saudade não é eterna. Acaba quando percebemos que o amor era da boca para fora, que a urgência era interesse, que a necessidade era falsa.

A saudade é uma esperança de amor. Precisa ser consumida rapidamente, não mais que três meses. Senão, nos consome e nos estraga.





Publicado no jornal Zero Hora
Coluna semanal, p. 2, 03/12/2013
Porto Alegre (RS), Edição N° 
17633

17 comentários:

Ramiro Conceição disse...

Fabro,
vou tentar elaborar um poema com o conteúdo do texto... Vamos ver no que dá...

Saudações poéticas!

Marilia Bavaresco disse...

Tudo perfeito.
As tuas palavras caíram como uma luva hoje.
Um beijo
http://vidanadaperene.blogspot.com

Anônimo disse...

discordo de vc
a saudade não exige reciprocidade pra existir, infelizmente!
saudade existe independente e apesar do outro
e em muitos casos é um saudosismo que não deveria existir, mas a memória é cega e o coração é burro...
só existe saudade qnd existe a distancia
e muitas vezes, a distancia, q deveria ser um problema do passado
e das era das trevas locacionais do ser humano
é alimentada pela falta de iniciativa em acabar com ela
ai , além de reclamarem e sauda-rem a um algo oquê que não foi ou foi e não é mais
acham alguém pra culpar a dor da dor

pra finalizar e fim alizar

"O que a memória ama, fica eterno."
Adélia Prado

Jennifer Reis Wakugawa disse...

Genial, Carpinejar!

Maria Teresa Valente disse...

É incrível como você pode descrever, de forma tão simples, os sentimentos.
Amo passar por aqui para me descobrir.
Abraços carinhosos Maria Teresa

Anônimo disse...

Anemmmmmmmmmmm Fabrício..estou para vc "que nem" o público para a Sônia Abrão...rss quero dizer : gosto mais dos seus textos tristes como este do que dos apaixonados que vc escreveu..rsss Abraços.

Ps: não sou masoquista nem deprimida...rss

Ramiro Conceição disse...

Eis o poema...
*
*

VESTIDO COMPRIDO
by Ramiro Conceição
*
*
A saudade é uma seda
que enfeita o coração que
detesta… - estar contido.
A saudade é um vestido comprido
que se tece à beleza do encontro.
Mas, cuidado, o tempo rege:
tudo que nasce… – perece.


MARCELO BARBANTI disse...

Olá, Carpinejar !!
Satisfação em falar contigo !
Te encontrei no Bar do Mineiro em Santa Tereza e te cumprimentei efusivamente. Obrigado pela atenção. Desculpe pela abordagem escandalosa kkk. Sigo lendo o "Beleza Interior", excelente passeio introspectivo pelo interior do RS. Um abraço ! Marcelo Barbanti

Eva disse...

uau! que lindo, perfeito. bjos.

Joร!є ઇ‍ઉ.¸¸.*´´¯` disse...

precisava ter lido isso hoje... obrigada.! BeijO

Maria da Soledade disse...

Seu texto foi a descrição perfeita do meu dia de ontem, onde finalmente constatei o fim da validade de uma grande saudade.
"Nada dói tanto quanto a saudade que envelhece, uma saudade que definhou pela indiferença, que não foi valorizada pela nossa companhia, que não desembocou em festa".

Eu mesma não teria conseguido chegar a uma definição mais exata do que a sua. O triste é perceber o final melancólico para onde havia tanto amor (unilateral, eu sei). Abraços e obrigada por postar esse lindo texto.

O que temos pra hoje... disse...

Inquietantemente incrível! Sou fâ incondicional desse gaucho!

Anônimo disse...

Mais que PERFEITO!!!

Lucca lose disse...

Esta simpatia vai deixar o homem que você gosta, seja ele casado, solteiro ou desquitado, caidinho por você. Ele vem de joelhos pedir para que você fique com ele e vai aceitar qualquer proposta, pode ser por uma noite e até um casamento


Faça e verás o resultado: ( coloque só as iniciais dele nos pontinhos)



Debaixo do pé esquerdo ( escrever o nome dele no pé esquerdo).

Repita 3 vezes: Debaixo do meu pé esquerdo eu te prendo (T.D.S.), eu te amarro (T.D.S), eu te mantenho (T.D.S.), pelo poder das treze almas santas e benditas e por São Cipriano, você vai ficar apaixonado por mim(T.D.S),e confessar o seu amor por mim, vai ficar comigo para sempre e me fará muito feliz. Que você (T.D.S), só tenha pensamentos, olhos coração, amor, desejos, tesão, admiração, respeito, carinho, paz e realização sexual comigo (T.D.S.). Que você seja um amante fiel, dedicado e completamente apaixonado por mim(T.D.S.),. Assim eu quero, assim será feito, assim já está feito.Amém.

Lucy disse...

É isso! Você tem o dom de descrever aquilo que muita gente não consegue colocar em palavras.

Anônimo disse...

Genial, esse cara é FERA!

Anônimo disse...

Por que tão perfeito nas palavras?Por quê??