sexta-feira, 5 de novembro de 2010

PERDIGUEIRO NA FEIRA DE POA

Rodrigo Rocha

Acho que nasci dentro da Feira do Livro de Porto Alegre. Meu pai me levava desde pequeno pelas bancas. Minha mãe me erguia para espiar os espetáculos. Há um sabor especial em autografar na Praça da Alfândega. Como um batismo que nunca termina.

Neste sábado (6/11), às 19h30, estarei assinando Mulher Perdigueira (Bertrand Brasil, 2010) aos amigos e leitores. No Pavilhão Central. Mais do que dedicatória, prometo dedicação.

3 comentários:

Lari disse...

Vou estar lá e quero uma dedicatória bem queridaaaa!!Te adoro Carpi!continue escrevendo apaixonadamente!!
Abraços e muito sucesso!

Steffi de Castro disse...

Estou esperando o senhor por aqui em São Luís!

Robs disse...

Ano retrasado fui a POA pela primeira vez, tinha acabado de acabar a feira, ai me deu um ódiooo!!

Sucesso, sempre.