sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

INTENSIVO DE CRÔNICAS EM SÃO PAULO

Foto de Leonardo Brasiliense


TANTA TERNURA
_ oficina de crônica -

Fabricio Carpinejar

de 14 a 18 de fevereiro
de segunda a sexta
das 19h às 22h

b_arco
RUA DR. VIRGÍLIO DE CARVALHO PINTO, 426
SÃO PAULO - SP - (11) 3081-6986
E-mail:
contato@obarco.com.br


A literatura dá tempo para que cada um se descubra. Dá ritmo para que cada um encontre sua voz dentro da letra. Dá força de vontade para que cada um siga a própria vocação.

O premiado autor apresenta suas teorias sobre o fazer literário, como o termo conficções (confissões inventadas), e estabelece uma possibilidade de acentuar a beleza da banalidade, musicar a conversa e pensar com ternura todo detalhe do cotidiano.

Se somos feitos de palavras, quais as palavras que escolhemos ser?


COMPETÊNCIAS
Capacidade para compreender, avaliar e produzir criticamente a natureza da crônica

CONHECIMENTOS
História comentada da crônica: diferenças entre crônica, artigo e conto. A despretensão e a espontaneidade. Simplicidade e surpresa. A leveza não é superficial. Manter o foco. A cozinha do trivial: o assunto é o estilo. Os três E da crônica: Estranheza, Exemplo, Emoção. O detalhe é Deus. Hesitações de uma conversa: a proximidade com o leitor. O ponto de vista minoritário. A importância da poesia na elaboração da atmosfera. O humor no gênero brasileiro: de Sérgio Porto a Luis Fernando Verissimo.

METODOLOGIAS
Exercícios criativos
Debate
Jogos de interação
Produção textual

Para todos os interessados.

Faça sua inscrição aqui

8 comentários:

Maria disse...

Hum.. esse negócio viria a calhar. Pena que tem um empecilho geográfico.

Tania Aires disse...

Puxa vida, essa oficina não poderia ter uma versão on line??? Seria fantástico e resolveria empecilhos geográficos!!!

helena. disse...

me interessei bastante mas o preço... não ajuda muito.

Carol Godoi disse...

Como um mantra repito: vem pra Beagá! Vem pra cá!!!

Margareth disse...

Sem dormir já estou sonhando com esse curso. Quisera eu e Deus participar. Nossa Fabrício, já te admiro e a vida ainda provoca, oferecendo essa possibilidade de além de tê-lo como professor poder aprender os truques literários. Brincando com as letras, arrumando palavras para exibir textos. O muito que me convivo, sei que me conheço, mas a partir do momento que aprendo a todo instante posso me ver por outro ângulo, posso me encontrar e descobrir algo que não saiba a meu respeito, pois para as melhoras me sujeito às mudanças. Adorei a expressa de Maria: Empecilho geográfico, o que não é o meu caso, na realidade o meu mesmo é bloqueio financeiro, mais tudo bem deixa pra próxima. Fabrício, para os que não podem participar pensa na possibilidade de mandar um resumão sobre o curso. Particularmente eu ia adorar, pense com carinho. Desde já agradeço, seja qual for o seu posicionamento. Sei que não é justo com você e os pagantes, mas tudo pela a cultura.
Margareth.

Bela disse...

Quando vai ter uma oficina em Brasília em 2011?

Analuka disse...

Ótimo!!! Se pudesse, iria... Abraços alados!!!

Augusto F. disse...

Já fiz minha inscrição, estou na espera!