domingo, 4 de dezembro de 2011

A FORÇA DE UM CALCANHAR

- Nunca parei para pensar, posso fazer isso jogando - disse Sócrates.

E ri da iluminação trivial.

Nossa homenagem ao ídolo corintiano, ex-capitão da Seleção Brasileira, que morreu aos 57 anos, na madrugada de domingo (4/12).

7 comentários:

vervedirlass disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gisa disse...

A força de Aquiles em Sócrates.
Um bj querido amigo.

vervedirlass disse...

Ao Sócrates, adeus; à Deus Socrates!

Delano Alexandria disse...

O cara, era o cara e ainda medico, lá se foi o disco voador.


Vlw!

Por que você faz poema? disse...

Salve a poesia
de Sócrates!

Ramiro Conceição disse...

Merda!
Por que os melhores morrem cedo?

Ramiro Conceição disse...

CATZO
by Ramiro Conceição



É muito cara a altura conquistada.
Parece até história da carochinha.
É incrível: os melhores morrem cedo…

Serão os deuses ciumentos
e os heróis sempre trágicos
lumes?

Uma final agonia rameira
é o que resta àquele que se atreveu
aos cumes?...

Catzo!