quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

BOA NOITE, CINDERELA

Arte de Cínthya Verri


Dormir é um negócio sério na vida adulta. Na infância é um castigo. Na adolescência é uma escolha.

Na maturidade compreende-se finalmente a gravidade de repor oito horas de sono para não arcar com os efeitos colaterais no trabalho.

Minha mulher respeita o expediente noturno com afinco. Sua cômoda é um santuário, não dá para mexer na ordem: os livrinhos, o abajur e um copo d’água.

Ela dorme bonita e acorda com a delicadeza de um cílio no rosto. Não é remela, é cílio, sempre há um cílio caído, uma pétala das pálpebras, que trato de retirar com alegria.

“Só um minutinho”, e ela oferece o rosto. Já conhece meu gesto.

Seu sono é pesado, mas tem uma coreografia delicada de quem frequentou aulas de piano ou balé. O interessante é o jeito que ela segura o lençol, dobra as pernas, ronrona devagar e me agarra como se estivesse regressando de longa viagem ou chegando naquele momento de uma bebedeira. Suas palavras desconexas são o tempero da noite.

Descubro que apagou quando faz beicinho. Mais do que esticar as pernas. Mais do que deixar uma pergunta no vácuo.

Seu beicinho parece pedir um beijo proibido.

O grande atestado de beleza feminina é o descanso. Há tanta rainha de bateria e porta-bandeira que dorme feio, com pose de suicida. Estatelada na cama, com uma poça de baba no travesseiro. Afora algumas espécies que roncam como se fosse um avô asmático ou um motor de ônibus escolar.

No concurso de miss, deveria ser criada uma etapa eliminatória, onde uma câmera flagra o sono das concorrentes no hotel. Muitos países entrariam em desespero para achar sua representante. Há um ingrediente erótico e de insuperável estética no repouso. Cinderela e Branca de Neve não perdem patavina da formosura. Estão maquiadas, tranquilas. Pena que não se movimentam como Cínthya.

Respeitar o sono de sua esposa ou namorada é uma arte. Demoramos para aprender. Mas que seja antes do que enfrentar sua insônia.

Quando uma mulher acorda de repente de madrugada e fracassa ao retomar o sonho, ela é capaz de cutucá-lo mesmo enxergando que você tosquiou todos os carneirinhos e relaxa no mais remoto feno:

- Ei, amor, você também está acordado? Vamos conversar?




Crônica publicada no site Vida Breve

28 comentários:

Maraguary disse...

Ai! Que coisa linda!!! Pena que meu sono esteja mais aí pro da "ogra" que pro da princesa encantada... ai, ai... vai ver que é isso então...

Tania Aires disse...

Muito boa!!!!

Dani Gomes disse...

Incrível como homem apaixonado vê beleza em tudo na amada, né? Nem a insônia escapa... rs

http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

Fabio disse...

Muito bom o texto de hoje ! Meus parabéns ! Só o parceiro mesmo pra saber como a mulher que ama dorme....* e como ela fica quando perde o sono hahahahah

juliana disse...

Que lindo Fabro, você é uma romântico convicto.Te escutei hoje pela manhã, impecável como sempre me deixou aliviada em alguns aspectos sobre essa data que mexe com todos nós.
Bjos, te adoro!!!

Maria Cláudia Cabral disse...

Houve um amor em minha vida que por vezes me observava o sono. eu achava tão lindo. era para mim prova de amor, aquele olhar de encantamento debruçado sobre meus sonhos.

Rosangela disse...

Adorei! Amar sabiamente é apreciar o bem que se quer.
Bjs!

Natália Scholz disse...

Que lindo!
Parabéns mesmo!

Luiza Leandro disse...

Recebi um dia um pequeno trecho de uma poesia,dizendo que foi escrita quase pra mim:
"Não sou de ninguém.
Amo de emprestimo" F. Carpinejar
E fui conferir quem era o louco que tinha lido minha alma, mas me perdi com tantos textos lindos. Agora realmente sua fã, além de ter encantado, tens um jeito unico de escrever.
Parabéns!
Luiza Leandro

http://semitomdapalavra.blogspot.com/2010/12/na-beira-do-mar-chegou-lua.html

Marcelo disse...

Adorei a crônica. Terna e divertida. Por incrível que pareça, não conhecia seu blog, voltarei mais vezes. Abraço
Marcelo
www.perambulagem.wordpress.com

Caroline disse...

Carpinejar retira da alegria de conviver com sua amada ensinamentos em como olhar com o coração.
Continue melhorando.

Eva disse...

Oi Fabricio querido, queria desejar a você e à Cinthia, extensivo a filhos, e toda familia os melhores votos de Boas Festas e um Ano Novo repleto de coisas boas, realizações em todos os investimentos e muita saúde. beijão enorme para vocês e obrigada por tua dedicação e talento.

Léo Santos disse...

Minha mulher fica extremamente mal humorada ao dormir! Ela pode estar numa boa, conversando e dando risada, porém basta um primeiro cochilo e bah... Já fecha a cara! Deus o livre tu querer acordá-la por qualquer motivo, ainda que de grande urgência. Se ela está tirando um sesta e, porventura, chega alguma visita, é certo: terá uma má recepção! Se tu admiras um sono meigo de mulher, não queira conhecer a minha, meu querido, não queira!

Um abraço! Feliz Natal!

vidarealdasam disse...

OLá !!!

Lindíssimo seu texto !!
descreveu com uma beleza e suavidade ímpar um momento simples e singelo !!
Admiro as pessoas que sabem apreciar as coisas simples da Vida e só um coração entregue valoriza a delicadeza do sono da sua amada.
Maravilhoso !!
Um enorme abraço e Sucesso !!! ;)

Alvarêz Dewïzqe disse...

Cara, muito bom, me fez olhar o sono com novos olhos.

Melinda Bauer disse...

Bah Carpi ....que medo...já pensou ter que manter uma performance no sono ? Que responsabilidade hein.... Ainda bem que não estou sob teus holofotes porque acho que durmo como uma concha no fundo do mar...
Mas a poesia das tuas palavras me encanta..principalmente este teu amor à vontade pela Cínthia...
beijo e tudo de bonzinho...

dejaviu disse...

Acho legal como tu consegue ver o subjetivo da vida e, em especial, da tua namorada. A essas alturas tu já deve conhecer ela melhor que ela mesmo. E se, na pior das hipotéses, um dia acabar, vai poder vender um manual de melhores práticas sobre como lidar com ela.

Dani Sgorlon disse...

Lindo texto... adoro a forma como explora a alma e a essência feminina... Tão suave e, ao mesmo tempo, intenso ao descrevâ-la...

Parabéns... lindo como sempre
Beijos
@danisgorlon

Pam~~* disse...

Não sei o que admiro mais, se a forma minuciosa como você enxerga detalhes importantes(e normalmente negligenciados) do cotidiano, ou a forma sutil e perspicaz que usa para descrever o que observa.

Enfim, adoro o blog e seu Twitter. rs.

Sucesso!

Ana Lins disse...

eu quero um Carpinejar na minha vida. #prontofalei

Wally elsissy disse...

Boa Noite Cinderela é o "apelido" do hipnótico Rohypnol: http://t.co/zy4I3Vj

Margareth disse...

Oi carpinejar, você é como um bom livro que a cada dia trás algo novo, revelando segredos e mistérios da vida e das pessoas cotidianas. Leio-te, adoro seus encantos literários que percorrem todos os gêneros nas passarelas alheias do nosso imenso viver. Só agora digo o quanto te admiro e aproveito para opinar sobre o que mais gosto de fazer, dormir. Tanto faz dia, noite ou a qualquer hora, prefiro não ser observada para não correr o risco de acordar antes do tempo. A meu ver, dormir é como uma morte parcial, uma fuga cotidiana, um encontro com o vazio, com o nada, uma visita ao deserto do silêncio. Para isso faz-se necessário a ausência dos sonhos, pois eles te acompanham e ao despertar se identifica como um fofoqueiro da memória, principalmente quando encontra um cúmplice disposto a escutá-lo.
Margareth.

urbanascidades disse...

Oi Fábio, Feliz Natal. Postei no urbanascidades um selo de qualidade para ti. Participe da "corrente". Abraços, Paulo Bettanin.

Ericka Rocha disse...

Dizer que a crônica está maravilhosa é ser redundante, não é Fabrício? A arte de transformar ações sutis em poesia...

=]

ana disse...

Todo mundo sonha em ter um poeta como namorado, o que muitos esquecem é que é preciso merecer...
Ah! E tudo tem um custo. E não deve ser fácil pagar este preço.

Anônimo disse...

Teus textos revelam sempre elevada sensibilidade e um olhar que transcende o material, invadindo o que só os corações preparados conseguem alcançar. O texto de hoje é uma tocante homenagem à sua amada que, apesar das imperfeições, você procura destacar o que os seus olhos e sua alma enxergam, como algo que te deixa encantado. Parabéns e obrigado por compartilhar conosco suas ideias e sentimentos!

natirez disse...

AMEI AMEI AMEI o texto! QUanta sensibilidade!
Com certeza ganhou mais uma leitora assídua!

Crédito Pessoal SP disse...

Emprestimo Pessoal

Empréstimo Pessoal

Crédito Pessoal
Credito Pessoal

Emprestimo Pessoal

Refinanciamento de Imóvel

Empréstimo com Garantia de Imóvel


Crédito Pessoal

Empréstimo Pessoal

Empréstimo Pessoal
Refinanciamento de Imóvel

Empréstimo com Garantia de Imóvel

https://plus.google.com/107413812999308203610
Acesse nossa Pagina no Google+