terça-feira, 3 de maio de 2011

VEJA COMO FOI O LANÇAMENTO DO BORRALHEIRO NO RJ


Transmissão pela Twitcam do debate com a cantora Maria Rita na noite de terça (3/5), na Livraria da Travessa, do Shopping Leblon, no Rio de Janeiro (RJ).

6 comentários:

M. Belem disse...

Fabricio,
Estou lendo o livro que vc autografou aqui em Sampa na quarta. BJS e sucesso.

Jayme Lielson V. Salgues disse...

Acabo de te ver no canal 11 aqui de Recife
Estou impressionado com tgua lucidez
Nem sei se lerás este comentário, mas gostaria de saber como posso copiar tuas palavras do programa da Leda Nagle. São registros para sempre. Deus te abençõe, Jayme Lielson (jaymelielson@gmail.com)

Anônimo disse...

Fabricio parabéns o livro é ótimo eu gostei muito do lançamento na livraria travessa ontem no leblon um grande beijo e muito sucessooo

Tanya cabeza esposa do poeta Angel cabeza.

ღ_☆Lu☆_ღ disse...

Sei que não vai ler esse comentário (na verdade, eu acredito sim, senão não postaria). Não fui na Livaria Travessa ontem, mas me contaram que falaram muito de mim pra você. Alguém meio afobado comentou de uma mineira que te admira muito, e esse alguém pediu uma dedicatória para o casal marmota e foca.
E curiosamente foram escritas as palavras: "O amor é ridículo. E necessário"
Poucas palavras. Um significado enorme por trás delas. Que absurdo alguém ver somente uma das partes e saber as palavras exatas para o casal! Como poderia, em pouquíssimos minutos, enxergar nosso amor mais do que nós mesmos, imersos nessa loucura ridícula há quatro anos? Que blasfêmia! Alguém que sabe mais de nós do que nós mesmos....
... Mais um ponto para te admirar ainda mais. Ah, e obrigada por, quando "a marmota" estava indo embora, você ter chamado ele de novo e mandado um beijo para mim.
@_luu_rodrigues.

kika bruxinha disse...

Oie gostei das palavras que aqui se expressa
parabêns viu,pelo conteúdo
veja meu site
http://yulecavalcantedealbuquerque.blogspot.com/
comenta
e segue se puder

Yohana SanFer disse...

ahh o dia do lançamento: minha semana de aniversário, me dei este presente! Trabalhei o dia inteiro, mudei o turno de trabalho e descobri o caminho sozinha para estar lá! E foi muito bom! Engraçado como ficamos sem palaras com tanto a dizer quando estamos diante de quem admiramos! Conhecer quem admiramos por tantos lindos escritos e inspirações...foi muito bom estar lá e te conhecer Fabrício! Agora guardo as fotos, as dedicatórias também nos outros livros que levei, a lembrança do abraço de quem acolhe quem abraça e a curiosidade: você leu o que escrevi e levei impresso no papel? Como disse, ia enviar por e-mail quando estivesse de volta com o curso do Estação das letras mas você bem conhece o perfil ansioso, não?!rs..."Sirva, se quente" é apenas um texto que escrevi e postei em meu blog depois de me inspirar com algumas ou tantas linhas de "Mulher perdigueira". Como me inspirou, achei nada mais justo que conhecesse!rs
Beijos e sucesso com o novo trabalho!