quarta-feira, 11 de maio de 2011

PESCARIA

Arte de Cínthya Verri


Seduzir é arte de sugerir mais do que mostrar. Não é para mentir, como a maioria acredita, nem elogiar demais, como alguns pregam.

Exige uma série de cuidados. Repasso o que li na revista Reader’s Digest de maio de 1951, matéria de Peter Risel, “Peixe grande ou pequeno: dicas para fisgar o macho perfeito”. A tradução é por minha conta, vejo que os conselhos permanecem atuais, apesar da distância de seis décadas.

* * *

Seja sincero com os defeitos e esconda as virtudes. Ocultar os recalques é permitir que ela encontre um por um conversando com sua mãe. Antes prevenido do que mentiroso.

* * *

“Por favor” é proibido. Amor não é esmola. Retira a estima da mulher. Ela odeia caridade.

* * *

Não tente entender ou resumir a alma feminina, procure complicá-la. Confusão é inteligência. Mulher gosta de ser vista como um problema para depois ser promovida a uma crise, para depois avançar em teorema e terminar como enigma.

* * *

Confessar que foi corno mata a esperança da mulher de maltratá-lo. Ela nem se aproxima. Não gosta de pensar que teve uma antecessora mais cruel. Quer ter a certeza de que poderá sofrer por ela como nunca antes.

* * *

O chato é involuntário: não sabe que incomoda. O importante é ter consciência da chatice para ser identificado positivamente como insistente.

* * *

O sedutor recebe fora a torto e direito. A diferença é que ele não aceita. Permanece perguntando, rindo de si.

* * *

Não saia em bando nas baladas. Mulher quando enxerga homem em turma conclui com tristeza: estão encalhados. Observe o ranking:

RUIM — ACOMPANHADO DE TRÊS AMIGOS: revela imaturidade, não desgrudou do recreio da escola.
PÉSSIMO — ACOMPANHADO DE QUATRO AMIGOS: alguém que depende de gangue e da proteção do grupo.
HORRÍVEL — ACOMPANHADO DE CINCO AMIGOS: é máfia, ela fugirá de você com medo de estupro.
TRÁGICO — ACOMPANHADO DE SEIS AMIGOS: pode esquecer, é uma rave gay.

* * *

Pretende se dar bem na noite? Vá sozinho à festa. Arrume um lugar no canto do bar para cutucar o gelo no copo. A solidão acentua o valor do combate. Revela coragem, indica independência e conhecimento do front. Não precisa se mexer — todos terão que pedir bebida no balcão.

Nos clássicos do faroeste, o herói está solitário enfrentando o mal; já os bandidos surgem sempre em roda. John Wayne e Clint Eastwood confiam somente no cavalo, e ainda com reserva!

* * *

Justamente o inverso ocorre para a mulher: andando em turma irradia a certeza de que é resolvida, sociável e atraente.

* * *

Não peça desculpa, faça piada com seu erro. Exemplo: em vez de lamentar uma grosseria, diga:

— Sou tosco mesmo!

Preserve o orgulho, é fundamental não se banalizar. Intragável o sujeito que se desculpa por qualquer coisa.

* * *

Evite rir à toa, sem nenhum motivo. Gera a impressão de que é louco.

Preste atenção na desigualdade social: ao responder com riso a pergunta feminina, o homem fica com a imagem de retardado; ao responder com riso a pergunta masculina, a mulher fica com a imagem de divertida e atenta.

Aconselhável rir após o riso dela. Como um complemento.

* * *

Não olhe aos lados na hora de beijar. Se possível, beije, tenso, como uma despedida, segurando a mão dela. Para que ela guarde o comando: boca = algema, amor = prisão. Assim não terá como fugir de você.

* * *

Homem tem a única missão na vida: incomodar a mulher. No início, ela dirá que você é irritante. No momento em que chamá-lo de insuportável, conquistou definitivamente o coração dela.




Crônica publicada no site Vida Breve

13 comentários:

Tania Aires disse...

Rsrsrsrs!!! Sensacional!!! Nunca me diverti tanto!! Obrigada!!!

sheysinha disse...

que texto incriveeel!!!
fala muito de nós mulheres mesmo de forma CANALHA!!! saushashaus

Maya Quaresma disse...

Não há como não rir, ou até se identificar com os seus textos!

São sempre brilhantes. Sou sua grande fã

http://sobaluzdalua.blogspot.com/

Marco C. Leite disse...

Como sempre ótimo texto e ótima tradução (mesmo sem ler a edição é bem por aí... rsrs)

Abraços

Marco Leite
www.mclmarco.blogspot.com

Carlos Ferreira disse...

A Rádio Cultura de Santos Dumont-MG, "TERRA DO PAI DA AVIAÇÃO", cidade de 50 mil habitantes, na Zona da Mata Mineira, região de Juiz de Fora, fundada em 17 de agosto de 1948 é uma emissora administrada pela Sociedade Mineira de Comunicação.


www.radioculturasd.com.br
Direção: Sérgio Rodrigues, João Begatti e Carlos Ferreira.


http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97354075
CULTURA ACONTECE: De segunda/sábado, de 08 às 10, com Jorge de Castro e participações de Sérgio Rodrigues, Carlos Ferreira e João Begati.

FUTEBOL: Sábado, 14/05, América-MG e Botafogo-RJ, direto de Juiz de Fora, com Edson Palma, João Begati, Carlos Ferreira, Evandro Begati, Sérgio Rodrigues e Wellisson Fabrício.

EM TEMPO:
O livro "José Braz - uma vida de trabalho" é destaque no BLOG:
www.carlosferreirajf.blogspot.com

Alexandra Mattos disse...

Muito Bom! =)

Anônimo disse...

Já eu penso o contrário quando vejo um homem só na badala, eu e muitas amigas, penso - Eita este aí não vale nada mesmo, sair só, ou é doido, ou quer só caçar e se agarrar a qualquer custo.
Não pensamos bem de homens sozinhos na balada, assim como também em grupos grandes.

Ramiro Conceição disse...

Meu caro Fabro, pesquei...


SEMPRE HÁ
by Ramiro Conceição


Sempre há
um além,
um aquém.

Nada termina
onde perece
nem começa
onde parece.

A esperança tece.

Anônimo disse...

É, o ser humano muda mas não muda muito!
Muito atuais mesmo esses conselhos. Então devem ser chamados de eternos. ;*

Júnia Martins disse...

Pena que os homens andam não sabendo pescar... Hehe! Parabéns pelo post! Abraço!

Ramiro Conceição disse...

Querido Fabro, pesquei...


GAIA
by Ramiro Conceição

No imaginário Norte: brancos cabelos à sorte.
No imaginário Sul: silêncios brancos do azul.
Entre os pés e a cabeça: sonhos e florestas
de flores amarelas, vermelhas – e tão azuis…

Entre Norte — Sul o admirável sucedeu:
conquistas, assassínios e o Amor de Deus.
Entre o céu e a terra uma história nasceu:
aquela em que os deuses são filhos, seus!

A Pérola Azul, uma lágrima Divina,
gira o Ocidente ao Oriente ao Ocidente
com dois Corações Castanhos em si…

Aquele à direita – é a África bendita!
Violentada pela ganância branca e vil.
O Indígena à esquerda ferido – é o Brasil!


SEMEADOR
by Ramiro Conceição

A Arte são os degraus alados
desse Mar de fadas e de fados.
O artista…?
Ora, é o semeador de escadas
entre estrelas e a Terra amada.

Gabriela Guimarães Cavalcanti disse...

Uma pérola que transcende o tempo. Atual porque trata quase do arquétipo da sedução. Fabuloso.

Patrícia disse...

Tirando as tiradas "canalhas", o texto é perfeito. Hilariante, agradável e ótimo.