quarta-feira, 14 de setembro de 2011

COMO EU VEJO A MODA



Moda é opinião. Piso na rua e já estou participando de uma enquete.

Moda é romance. Ajudar uma mulher a se despir é interesse, ajudá-la a se arrumar é cavalheirismo.

Moda é pensar. Toda roupa é um diário: o que imaginamos na hora de comprar, por que compramos, quando se usou pela primeira vez, o que significa emocionalmente, o que ela ofereceu para nossa companhia.

Toda roupa é um confidente: conversamos com os botões, guardamos as mãos nos bolsos, sofremos com as manchas.

Toda roupa é a possibilidade de nascer de novo.

Os tecidos são lembranças daquilo que imaginamos.


Publicado na revista Moda - Joyce Pascowitch
Edição 19, setembro de 2011, P. 14
Coluna Como eu vejo a moda
São Paulo (SP)

10 comentários:

Ramiro Conceição disse...

“Toda roupa é a possibilidade de nascer de novo”, ok! Porém, caro Fabro, a moda…



MODA
by Ramiro Conceição


TODAMODAÉBOSTA
BOSTATODAMODAÉ
ÉMODATODABOSTA
MODATODABOSTAÉ
TODABOSTAÉMODA
TODAMODABOSTAÉ
ÉMODABOSTATODA
TODABOSTAMODAÉ
ÉTODABOSTAMODA
BOSTAMODATODAÉ
ÉBOSTATODAMODA
MODABOSTATODAÉ

Bell Souza disse...

um observador nato do cotiano. O texto revela mais que aparência em si.

Sueli disse...

Moda é tudo isto, desde que não sejamos tão ricos a ponto de não conseguirmos criar intimidade com a roupa que escolhemos. Acho importante a intimidade e, minhas roupas, de tão raras as compras, tornam-se parte de mim. Bjs Fabrício

andrekano disse...

Adorável observação! Pessoalmente, sempre fui adepto do cordão-dos-chatos que diz que moda é futilidade e inútil perda de tempo. E foi o tempo que me ensinou que as coisas são os significados que as coisas ganham da gente. Refeito de meus preconceitos, passei a me relacionar com minhas roupas, e com as roupas das pessoas. O que ganhei com isso foi carinho: nem toda hora há alguém nos que acaricie, mas as roupas me tocam a todo instante.

diariodagataborralheira disse...

Fico com o Arremedo ;)
a alma das coisas....

Dudalina Feminina disse...

Adoramos sua visão sobre a moda e compartilhamos em nossa fanpage.

Abraços!

Dudalina Feminina

facebook.com/dudalina

Psicóloga Ceiça Honorato disse...

Moda é um pouco do outro que queremos ser as vezes. Sua visão discorre sobre um pouco do outro que de certo modo queremos reproduzir!!
Abraços

Rita Ribeiro disse...

Moda é... só moda!

“Toda roupa é a possibilidade de nascer de novo”... Isso talvez seja atitude, não moda.

Gostei :)
Beijão!

Lai Paiva disse...

E haja tecido pra lembrar de tudo o que imaginamos. Achei fantástico, como sempre. Bj

Carlos A. disse...

Moda é o que cada um é.Moda é se vestir sem se preocupar se está 'In" ou "Out".É vestir uma camisa surrada do Led Zeppelin e se sentir bem,sem se preocupar com olhares alheios.