terça-feira, 8 de maio de 2012

ENTRELAÇADOS

Arte de Cínthya Verri

Abandonei o armário: sou dependente de minha mulher. Absolutamente dependente. Vou fazer mercado e já priorizo seu iogurte com 0% de gordura, seu chocolate com 85% de cacau, sua granola, sua pimenta forte, sua uva Isabel.

Ouça meu comentário na manhã de terça (8/5) na Rádio Gaúcha, no programa Gaúcha Hoje, apresentado por Antonio Carlos Macedo e Fernando Zanuzo:


4 comentários:

Tiago Bulla disse...

Fabrício, bom dia

Ouvi seu comentário hoje na rádio gaúcha e gostei muito. Concordo 100% e me identifiquei com o que disseste - em especial esta semana, que minha esposa está ausente devido a uma viagem profissional e estou só, sentindo saudades dela.
Nestas horas, notamos o quanto somos dependentes...

Um abraço e parabéns pelo seu trabalho.

Tiago Bulla

Kinha disse...

Pelo menos você ainda assume!

Rita disse...

Seu amigo Corso não deve aprovar muito isso, mas ahhh... que lindinho! :)

Michele Hillesheim disse...

Simplesmente adorei o comentário de hoje. É lindo, uma autêntica declaração de amor. Quem tem alguém para "se prender" certamente se identificou! Eu tenho! \o/