terça-feira, 9 de outubro de 2012

MANIFESTO PELA MACIEZ

Arte de Magritte

Esqueça a terminologia psiquiátrica, os tipos de transtornos.
 
Vou facilitar sua vida. Há somente dois tipos de pessoas.

As pessoas macias e as pessoas duras.
 
As pessoas macias não são gordas. Não é isso. Podem ser magras. A maciez é um traço de personalidade.
 
Gente doce, afetiva, abraça com calma, escuta com interesse.
 
A maciez é um estado de ternura. A pele recebe, os olhos recebem, há uma tranquilidade calorosa, uma vontade de permanecer falando à toa.
 
Maciez é uma generosidade natural. A pessoa macia é ótima para dar colo, e guardar confidências.
 
Você está triste e a pessoa macia logo nos cuida.
 
Você está feliz e a pessoa macia aumenta nossa felicidade.
 
A pessoa macia canta suas músicas prediletas no box. Brinca com crianças. Para na rua a elogiar os cachorros na rua. Demora a sair da mesa. Gosta do seu trabalho e não reclama mesmo quando está doente.
 
Já a pessoa dura é inflexível, teimosa, orgulhosa.
 
Logo que nos aproximamos e ela já solicita espaço, evita o maior contato. Ela não abraça, mas esbarra. Bate nas tuas costas como se fosse porta.  Não beija as bochechas, beija o ar.
 
Está sempre falando mal de alguém ou de si mesma.
 
A pessoa dura é de madeira, de ferro. Não se emociona. Não ri. Não fica muito tempo casada com ninguém.
 
Ela se diz independente, mas é fóbica de intimidade.
 
Não suporta bebês, odeia a família dos outros, sexo é apenas ginástica.
 
A pessoa dura é fácil de identificar.
 
Você fica pesada depois que a encontra. Você se sente mal. Explorada. Esgotada. Você parece que perdeu sua alma depois de conversar com ela.

Ouça meu comentário na manhã de terça-feira (9/10) na Rádio Gaúcha, no programa Gaúcha Hoje, apresentado por Antonio Carlos Macedo e Daniel Scola:
 

10 comentários:

Débora Aquino disse...

Sejamos cada vez mais macios! Lindo texto, Fabro! Você sempre com sua maciez ao escrever! Um beijo!

ૐ 'Priscylα disse...

Os dois tipos mais definidos que já vi!
Que sejamos macios, beijo.

Cinderela disse...

Gosto muito desse texto. Quero ser muito macia. :D

Manuela Pires disse...

E a pessoa "meio termo"? Não existe?

Anônimo disse...

conheço masi pessoas duras que macias,sejamos macios... amei o texto.:)

A Ex de Murphy disse...

Acho que temos um pouquinho dos 2 tipos, não?!
Às vezes a dureza aparece pra deixar o dia mais difícil e é aí que vemos o quanto a maciez faz falta...

Em todo o caso, voto por mais pessoas macias no mundo! =)

Anônimo disse...

Simplesmente sensível e verdadeiro. Parabéns pelo texto e pelo blog. Adorei!

Michelle Jesus disse...

Texto excessivamente gostoso. Há de se ter muita maciez para transbordar tanta naturalidade e doçura nas palavras. Eternamente macia...rs
As pessoas duras possuem a imensa serventia de nos dar a certeza do quanto é bom ser leve, causar alegria e tranquilidade aos que nos rodeiam sendo macio.

Flora Agra disse...

M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O

ganhar dinheiro disse...

parabens pelo belissimo blog, acompanho o mesmo desde 2010, recomendo a muitas pessoas. Parabens