segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

O QUÊ?



O jornal Globo publicou matéria sobre os enigmas vocabulares da MPB. Debato o sucesso e o significado de canções como 'Shimbalaiê' e 'Tchubaruba'.

Confira divertido texto "Que língua é essa?", de Ricardo Calazans.

11 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Só lê quem é assinante... :(

HNETO disse...

Mas o que é e o que pode mesmo essa lingua?

Marcos Satoru Kawanami disse...

Só lê quem é assinante. (2)

pô, meu, tô vendo as foto. acho que é teu filho que tá nelas de agasalho vermelho, né? lembra um pouco a filha do meu primo José Gabriel: parabéns, eles têm olhar vivo e bom!

Mai disse...

Não conseguí ler o artigo, Fabrício.
Sonoros invencionisses que funcionam, brasilidades geniais, malemolência, ou talvez o sucesso decorra de alguma evocação ancestral? Mas há também afluentes literários, como o 'pirlimpimpim' em Lobato. Mas na MPB são muitos como o 'Cans cans cans cans culan' de Adoniran Barbosa.
Esses enigmas vocabulares talvez sejam talismãs musicais e brasileiros. E Maria Gadú é o talento da hora global.

Guto Leite disse...

Também não consegui ler, meu caro. Invenção na língua? Não dá pra esquecer o senhor das Veredas, acho que o maior em língua portuguesa. Embora eu fique receoso (sem querer ser muito quadrado) até mesmo de alinhá-lo num mesmo processo em que figurem Malu Magalhães e Maria Gadú. Não dá, né? Ou dá? Grande abraço.

Mary Carvalho disse...

Sempre quis saber o que significava tudo isso! :)

Eternus Apprentice disse...

Falta de léxico certamente não responde ao recurso de alinhar várias sílabas estranhas em uma mesma palavra. Aliás, estranhanhamento parece ser um fenônemo em nossa amada "língua brasileira". A pronúncia solta - num contexto de fala comum, por exemplo - por vezes não agrada, isso é fato, mas, que a sonoridade flui agradável e original, isto soa.

Um abraço, Fabrício.

Carpinejar disse...

oi queridos
e não há como recortar e colar o texto. fiquei devendo...
beijo

Anônimo disse...

Fabrício, dá um print screen na tela e seleciona o texto. recorta e cola no word, depois publica.

apesardoceu disse...

A música pode tudo...

Edilson disse...

Querido Fabrício:

A música póoooooodi tudo...rs
Abraço grande
www.lua2gatos.blogspot.com