segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

UM TÉCNICO LEITOR


Rolo Compressor analisa o novo técnico do Inter, o uruguaio Jorge Fossati, responsável pela vitória colorada de 1 a 0 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Gaúcho, no domingo (31/1).

"O Inter tem novamente um técnico de cabelos brancos. Fazia tempo que não passava pela casamata colorada um líder com as melenas totalmente grisalhas. O uruguaio Jorge Fossati lembra Ênio Andrade, técnico campeão brasileiro de 1979. Não sugere um desígnio, mas uma coincidência de perfil: o mesmo estilo discreto, simpático e compenetrado.

O cabelo branco é um dom. Um merecimento. Não é para qualquer um, muito menos surge de forma harmônica para seus ungidos. Nem todos podem ostentar o charme de Walmor Chagas, aquela cabeleira nevada, viço da inteligência e verdadeiro rival do vigor da juventude."


Toda a tese aqui.

Um comentário:

HNETO disse...

Será que
devido aos fios gris
Zagallo
é o
maior
vencedor
de Copas do Mundo?