sábado, 17 de março de 2012

JOGO DE BOTÃO


É uma infeliz mania acreditar que emancipação é abandonar o passado. Rejeitar os brinquedos. Tenho 39 anos e ainda jogo War, detetive, futebol de botão e Imagem Ação. É uma castração obrigar a criança a jogar fora seus ursinhos e seus animais de berço e de infância. Ela desfruta o direito de levá-los para a vida adulta. São parte de sua personalidade.

Ouça meu comentário da manhã de sábado (17/3) na Rádio Gaúcha, no programa Gaúcha Hoje, apresentado por Daniel Scola e Jocimar Farina:

3 comentários:

Ramiro Conceição disse...

VISITA
by Ramiro Conceição


Sou grato
à infância
que me habita
por deixar
espalhada
na madrugada
a brincadeira
que me visita.

Ricardo Campos disse...

jogo de botão é fodástico. é considerado esporte e, tem até campeonato brasileiro.Também jogo até hj.

sobrehomenselivros disse...

palmas.Mais palmas. Mais palmas ainda.