terça-feira, 20 de março de 2012

O LONGO CAMINHO DO CORAÇÃO FEMININO

Arte de Jim Dine

Se você está casado, é um vencedor. Merece cada volta completa na rede. Cada ronco do mate. Sobreviveu a toda a desconfiança feminina, a todos os testes que sua musa impôs a um relacionamento.

A mulher tem um Desenvolvimento de Recursos Humanos na alma para escolher seu par perfeito. Um Hans Christian Andersen introjetado para recrutar parceiros.

Ela não se casa com qualquer um, é uma longa seleção a partir de contos de fadas como A Pequena Sereia, Os Sapatinhos Vermelhos, A Princesa e a Ervilha e A Polegarzinha.

Se usa aliança na mão esquerda, desbancou superstições, crendices e conselhos. Já pode escrever um livro de autoajuda e descrever sua façanha.

Desde os três anos, a mulher responde a enquetes sobre como ser feliz no romance. É veterana no assunto. Seus olhos carregam o pdf da Sabrina (o pretendente pode fazer download no primeiro encontro).

Se você está casado, é um vitorioso. Superou concorrentes desleais e pré-requisitos dificílimos. Escapou das premonições da sogra, que vivia dizendo a sua filha com quem ela poderia se envolver e de quem não deveria nem se aproximar, driblou o olho gordo dos cunhados e do sogro, que tentaram desqualificar a aproximação de ectoplasmas masculinos. Ninguém ajudou a chegar aonde você se encontra, no lado direito ou esquerdo da cama, com direito a um abajur e uma gaveta no criado-mudo.

O matrimônio é uma batalha épica somente igualável à fecundação. No seu percurso até o óvulo, o espermatozoide teve que enfrentar inimigos como os espermicidas e o preservativo, barreiras biológicas como o baixo pH vaginal e glândulas mucosas e vencer a licitação pública de 200 a 500 milhões de espermatozoides.

Em seu caminho ao coração de sua dona, não há moleza. Condicionado a achar a saída do labirinto do mapa astral, convergir com os horóscopos, fechar com o retrato falado da revista Capricho, saciar as sinopses dos filmes favoritos e atender as expectativas das canções de Chico Buarque. Não é tarefa para fracos e pobres de espíritos.

Justifica receber de presente o pay per view da Libertadores.

Escapou da sabatina do Congresso do Amor, resistiu à CPI da Transparência, desmentiu suspeitas durante o namoro, abriu as contas no noivado. Deixou para trás ciganas loucas por um cigarro, e saiu ileso das profecias da cartomante em alguma tenda ou fundos de residência (sua cara-metade ouviu o jeito que você seria no tarô, e cruzou as informações com suas palavras e atitudes minuto a minuto).

Não foi barbada. Sua esposa mantém uma câmera escondida no rosto, confirmando evidências e comparando padrões. Ela não escuta, analisa. Não fala, soluciona. Não esquece, guarda arquivos temporários.

Se você está casado, é um afortunado. Valorize a si mesmo. Ou cumpriu o impossível, ou sua mulher deu cola para você passar na prova e subir ao altar.





Publicado no jornal Zero Hora
Coluna semanal, p. 20/03/2012
Porto Alegre (RS), Edição N° 1714

16 comentários:

Faah Bastos disse...

Delicioso ler um texto do Carpinejar, mais delicioso ainda é se encontrar em cada linha. Sinceramente, foi adorável.

Herr Brauer disse...

muito bom cara

Anônimo disse...

O DRH da alma feminina é uma pura verdade. Observar, depois se expor. No final o que ela procura é a melhor porção de 23 cromossomos que puder encontrar.

PIMENTA E POESIA (Maria Tereza) disse...

A-d-o-r-ei. Tô bege, com bolinhas. A melhor descoberta do ano foi seu blog, você. E pelo andar da carruagem, acho que ficarei por aqui. Sou poeta e não consigo aprender a amar. Quê que eu faço? (Dedo na tomada???). rs

De Tudo de Helena disse...

Redundância dizer que é MARAVILHOSO o texto. Delicioso!

Anônimo disse...

e se a moça não usa parâmetros da capricho pra escolher par, o teste é menos f*? todas as que conheci e foram atrás do príncipe da Sabrina estão divorciadas.

Anônimo disse...

,... enquanto eu passei por cima de todos os testes "como saber se ele está a fim de vc", perguntei direto há 12 anos e ainda estou com a mesma pessoa. o caminho é longo mas não tem nada a ver com oq o cara descreveu aí

Weslley M. Almeida disse...

Cara, teu jeito de escrever com poesia e comicidade batida no liquidificador é demais.
Te lendo acho que vou mudar minha visão de casamento... : ]
E compreender melhor as mulheres - caso seja possível.
Ah, sim, há um tempo que quero mostrar a vc meu trabalho recente em poesia (tomara que leia e comente). Eis o link pra baixar: http://www.mediafire.com/?ffuov3zrslkzl6c
Abraço.

ana disse...

isso de dizer que a mulher deu cola foi a maior percepcao que um homem ja teve. Parabens...

Priscilla Breda Panizzon disse...

Carpinejar sempre espetacular com as palavras. Ler um texto teu faz bem para a alma, para o coração, para a vida! Um verdadeiro prazer. Congrats!!! :)
Priscilla Panizzon
Quando quiser dar uma passada no meu blog, o endereço é este: www.multicromatica.blogspot.com.
Sou, digamos assim, uma aspirante a escritora. hehe

Desperates Winehouse disse...

Ser casada é ruim, mas é tão, tom bom....

helen ps disse...

Na mosca!

Abraços.

PAZ e LUZ

Helena dos Reis disse...

Tenho ouvido você de manhã na rádio gaúcha dentro do transporte da empresa. Não conhecia seus textos, mas estou adorando... Ganhaste mais uma fã. Meu próximo passo será comprar um livro seu, para levá-lo no ônibus da faculdade também, hehehe
BJS

Caroline W. disse...

Carpinejar, minha mae te "descobriu" e depois de muito tempo resolvi te ler (desconfianca sobre o gosto da mae). Aqui dos EUA nao tem como te ouvir na radio. Alguma chance de voce disponibilizar podcasts num futuro proximo?

Ivana Machado disse...

Sai agora da Bienal de Campos ...
Que suas inspirações sejam eternas e que o cotidiano se faça honrado por merecer ser fonte delas...
Foi um grande prazer...literalmente

Márcio Nassif disse...

Excelente! Textos que expressam o sentimento humano, comum e verdadeiro, onde nos encontramos em cada linha que lemos.