segunda-feira, 16 de agosto de 2010

RESPOSTA CERTA

Arte de Perugino


Toda mulher é experiente em testes. Atravessou a adolescência preenchendo questionários de revistas femininas, definindo pela pontuação se é sensual, se terá sucesso financeiro, se ele a ama.

Constantemente busca levantar coincidências e armar uma simbologia para encontros e esbarrões. Nada é fortuito, tudo tem uma mensagem escondida. Qualquer abordagem é uma revelação de infância.

O homem deve ficar atento quando se apaixona. Para desvendar qual é o exame decisivo da convivência. Cada mulher elabora o seu enigma, particular e intransferível. Pode ser um convite para visitar a família no interior ou quando apresenta seu bichinho de estimação.

É um questionário à paisana. Muitos marmanjos são descartados e não compreendem o motivo. O pé-na-bunda foi uma avaliação secreta em que ele deu a solução errada. É praticamente impossível detectar o momento. Ela se finge de distraída:

- O que acha de The Cure?

Você deduz que é uma pergunta à toa entre milhões que serão feitas ao longo do relacionamento. Confessa a verdade, decidido a impor sua personalidade:

- Foi uma tolice adolescente.

Mas não é uma pergunta, é a pergunta. A única que importa. A decisiva. Ela parte do princípio que nunca vai se envolver - sob hipótese alguma - com um cara que não curte The Cure. Robert Smith continua sendo seu ídolo. Não adianta demovê-la da ideia. Na mulher, qualquer ideia se transforma rapidamente em crença.

O batismo de fogo muda conforme as obsessões da moça. Cuidado com o que diz ao tomar sopa de beterraba num restaurante polonês, cuidado com o que diz na saída de um filme sueco. Esteja preparado, um vacilo e ouvirá o som gelado da guilhotina: zaz! (o número do seu telefone desaparecerá do celular dela)

Antes de ser minha namorada, Cínthya me convidou a correr e participar de seu habitual trajeto na Usina do Gasômetro. Fez sombra na cabeça o zepelim da gozação, aquilo soava como brincadeira. Não combinava com minhas características no Orkut: sedentário, fumante, escritor e adepto incondicional do LER. Fiquei tentado a rosnar um "boa sorte"; me reprimi e aceitei, com um sim engasgado, um sim arrependido. Não tinha noção de como completaria o percurso. Afinal, eram oito quilômetros e não desfrutava de um mísero calção, muito menos de fôlego.

Enfrentei o desafio disposto a enfartar. Se é para morrer que seja por ela.

Não senti as pernas por dois dias. Ainda menti que queria mais: que tal ir até Restinga e voltar? Cínthya terminou o passeio impressionada com a performance. E com meu contentamento silencioso - não falava, bufava, concordando com a cabeça, preocupado em como respirar no próprio corpo.

Conversando com seu irmão Gustavo, descobri seu costume em submeter os pretendentes a uma corrida: "É seu teste para o namoro!".

A enxaqueca apareceu quando esclareceu que ela somente iria casar com quem completasse uma maratona ao seu lado. A pergunta dela vai durar 42 quilômetros.

Faço minha estreia como colunista do jornal Zero Hora
Sempre publicarei nas segundas quinzenais, na página 3 do Segundo Caderno
Crônica de 16/08/2010
Jornal Zero Hora, Porto Alegre (RS)
Edição N.º 16429

81 comentários:

Anônimo disse...

De fato uma leitura interessante e um teste bastante ofegante, rsrsrs

Parabéns pela crônica e pela nova empreitada.


Dine Aranda

Anônimo disse...

Vai ser muito bom ler você também no jornal. M<as olha, tua caricatura ali em cima tá mais parecida com o Paulo Coelho do que com vc.

Carola disse...

Hahahahaha! Muito bom!!! Eu tenho vááários testes, e cada dia que passa isso só aumenta! Daqui a pouco o sujeito vai ter que usar um cartão-resposta! hahahahhaha!!!

Bunecrinha disse...

Parabéns pela crônica e que tenhas muito sucesso na ZH.
É fato, nós mulheres somos horríveis quando queremos testar um homem.
Beijos.

Raquel Wobeto disse...

Bingoooo!!!
Também costumava fazer estes "testes virtuais", o sujeito deveria preencher no mínimo 3 "casas" de compatibilidade: econômica, intelectual e (sejamos honestos...) física. Pode parecer frio, mas investir em um relacionamento que a gente sabe que tem tudo para fracassar chega a ser desrespeitoso com os sentimentos alheios, melhor ser prático e evitar desilusões.
Parabéns pela nova coluna, gosto muito das suas crônicas.

cronicasdumasviagens disse...

Quanto mais cotidiano mais extraordinário.
Me amarro nessas crônicas tão leves de ler na minha mesa de trabalho. Só assim não morro de estresse. Abraço

Anônimo disse...

Ótima crônica. Parabéns pelo blog.

juliana disse...

Parabéns pelo espaço na ZH Fabrício, só faltava você.
Bjos e muito fôlego para acompanhar a Cinthya,rs.

Rafael Noris disse...

Acho que tenho errado em algumas respostas com minha namorada. Ora de prestar mais atenção neste teste.

Valeu!

;)

SomeOne disse...

Adoro tudo o que você escreve. E supe me identifico! Mas me responda uma coisa: e vocês, homens, tb nos testam? Quais são os testes, em caso afirmativo? Anda tão difícil encontrar um pretendente pra eu testar... rs.

Abraço

(e, FINALMENTE, ZH convocou o cara que estava faltando!!)

Dani Gomes disse...

Realmente todas temos nossos "testezinhos", mas o lado positivo é que a "resposta certa" varia de acordo com a mulher, não é universal! Sorte a de vocês! rs

http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

Anônimo disse...

O sexo feminino, é tão misterioso quanto a simples realidade do universo, da sua origem, do seu desenvolvimento, e do possivel final, mas o fato é que da mesma forma que é complexo, teorias coerentes nos convencem de como o cosmos foi formado, como homem digo que o brilho, a sensualidade e a ausencia do sexo feminino, são questões igualmente complicadas como as citadas anteriormente, nos questionamos mas a realidade é que sem elas nao faria sentido estar vivo
P.B.

Renata de Aragão Lopes disse...

"O homem deve ficar atento quando se apaixona.
Para desvendar qual é o exame decisivo da convivência."

Cínthya até que pegou leve! (risos)

Um beijo pra cada um,
Doce de Lira

andreayagui disse...

do mesmo jeito que as regras aparecem, também desaparecem. é só ela querer.

Aline Viana disse...

A crônica é ótima, mas escrevo para lhe parabenizar pela caricatura nova, que ficou perfeita! rsrsrs

Beijos

Rodrigo Braga disse...

Sempre uma leitura agradável, engraçada e irônica. Um começo leve e fabuloso. Não poderia ser diferente.

Rossana disse...

Gosto muito do que vc escreve! Este post é a mais pura verdade! Todas, com rarissímas exceções, fazem testezinhos!
Parábens pela coluna na ZH, com certeza será um sucesso!
Abraço!

Tudo com charme disse...

Que ótimo!!!Pura verdade!! Eu conheço uma que botou na cabeça que o cara tinha q ser do signo de libra...qualquer um que se aproximasse ela logo perguntava o signo.O coitado, caso fosse de outro signo, saía cabisbaixo sem entender nada!!! hahahhahah...ah, ela casou com um de libra!!!
Abraço!!

kauanamaria disse...

Singelo, engraçado e autêntico, esse é Carpinejar.

Ramão disse...

Mulher surta, analisa e elabora mil teorias sobre coisas que homem sequer percebe.

Lara Amaral disse...

hehehe... Mulheres são mesmo terríveis com seus testes, acho que os fazemos até mesmo inconscientemente.

Ótimo texto, como sempre!

Beijo.

Leandro Lima disse...

Vero, Fabro!
=)

Samy Vallo disse...

Nossa,me reconheci nesse texto...
Mas não acho que nossos testes sejam premeditados...Às vezes falamos algo só pra ver se vcs vão falar o que queremos ouvir,só....
rsrsrsrs
=]

Orianna Alves disse...

Quanta facilidade em escrever algo tão complexo !

Anônimo disse...

Garoto, estou impressionada, vc sabe tudo de mulheres.É isso mesmo, somos insuportáveis com nossos joguinhos. Acabei de ler seu livro Mulher perdigueira e estou apaixonada por vc e sua escrita, daqui a pouco acabo criando problemas em casa! Bj e sucesso no ZH. Renata

Flor de Lótus disse...

Hahaha!Ai ai Carpinejar!Confesso que fico impressionado com esse seu maravilhoso jeito de lidar e entender com as mulheres, realmente nós somos assim mesmo se o cara cair na asneira de dizer que não curte algo que prezamos muito a paixão, o tesão ou seja lá o que for já cai por terra.
Beijosss

Emmanuelle. disse...

Acaso é fã incondicional do universo feminino ou apenas foi uma impressão à primeira(ou segunda) vista??
sahuisahasuihsauashuasih
Sou uma garota que estava no sesc de cascavel, colorada, estava de jaqueta jeans e bolsa da Monroe... perguntei sobre o espaço virtual da literatura ter "desinstitucionalizado" a publicação de textos e os autores terem se desvinculado das universidades. Não sei se irá lembrar de mim, mas se quiser ler meu blog, eu me sentiria realmente lisongeada. Obrigada e parabéns, seus textos realmente são ótimos! ;D

Maria Eduarda Merlin disse...

Fabricio Carpinejar o senhor é patrono da escola Anacleto Cruz, de Sertãozinho SP.
E suas crônicas são super legais.

Beijos de Maria Eduarda Merlin

João Pedro da Silva Bravo disse...

Olá, Fabricio! Estou ansioso para te conhecer e feliz por ser nosso patrono na feira do livro.
Abraços
João Pedro da Silva Bravo
Sertãozinho-SP
escola Anacleto Cruz

Sophia Fernandes Roberto disse...

Olá Fabricio,
Estudo na escola EMEF"Prof.Anacleto Cruz".
Agora por causa da 8º Feira do Livro de Sertãozinho-SP,estou conhecendo um pouco mais sobre você,também adoro seu estilo.
Até a Feira do livro.
Um abraço,
Sophia Fernandes Roberto

Amanda Carolina Bononi disse...

Olá Fabricio tudo bem?
Aqui quem esta falando é a Amanda Carolina de Sertãozinho, eu estudo na escola EMEF"Professor Anacleto Cruz" no 5º ano A, estou te escrevendo para te avisar que você é o patrono da 8º feira do livro. Espero que goste muito!
tchau!

Murilo de Almeida Tostes disse...

Olá Fabricio
Parabéns pelo o seu trabalho. Eu admiro muito você.
Estou com vontade de te conhecer,pois você será o patrono da nossa 8a Feira do Livro... te espero.
ABRAÇOS

Escola: Anacleto Cruz, Sertãozinho Sp

João Paulo de Barros Mariano disse...

Olá Sr. Fábricio

Parabéns por você participar da 8º Feira do Livro de Sertãozinho.
Você è um otimo escritor, eu te admiro muito e estou conhecendo você cada dia mais.Quando eu crescer eu quero ser escritor.Tchau.
E boa sorte na feira.

Gabrielle Elizabeth Dandaro disse...

Olá,Fabricio
Sou da escola EMEF"PROFESSOR ANACLETO CRUZ",estou no 5 ano e espero te conhecer,na 8 feira do livro de Sertaozinho... até lá! Beijos!
Sertaozinho-SP.

Roberta de Freitas Cabral Marchi disse...

Oi, me chamo Roberta de Freitas Cabral Marchi, tenho 10 anos , estudo na escola EMEF Prof. Anacleto Cruz e moro na cidade de Sertãozinho SP.Estou conhecendo você aos poucos mas estou gostando muito de suas crônicas, desejo a você tudo de bom , muito sucesso ,muitas alegrias e parabéns por você ser patrono de nossa 8ª Feira do Livro de Sertãozinho,boa sorte em sua carreira,Roberta.

Isadora Cristina da Silva disse...

Fabricio Carpinejar, o senhor é o patrono da 8a Feira do Livro de Sertãozinho-SP.
Sou da escola Anacleto Cruz e
suas crônicas são muito legais e suas tatuagens também.
Beijos!

Luísa Maria Bruno Taveira disse...

Olá, Fabricio,
eu gostaria de falar que adorei o seu jeito de ser,principalmente os desenhos com o cabelo.
Queria vê-lo na feira do livro de Sertãozinho,você é o nosso patrôno!!!
Beijos!
"EMEF Prof Anacleto Cruz"
5°ano A

Gabriela Michelle Gimete da Silva disse...

Olá, Fabricio como vai?Sou a Gabriela Michelle Gimente estou no 5ºano A da escola EMEF"Professor Anacleto Cruz" na cidade de Sertãozinho, estou te avisando que você vai ser patrono da 8º feira do livro, espero que fique muito feliz!
Tchau!

Ana Paula Tarozo disse...

Fabricio,
Eu sou a Ana Paula estudo na escola EMEF"Prof.Anacleto Cruz" em Sertãozonho.
Estou muito feliz por você aceitar a participar da nossa Feira do Livro.
E também muito ansiosa,pois adorei o seu estilo estrovertido de ser.
Um abraço.

Gabriel Henrique Bonini disse...

Olá, Fabricio, estudo na escola Anacleto Cruz.
Vamos ter a 8º feira do livro e vc vai ser o patrono dela!!

E gostaria de saber qual crônica vc gostou mais de escrever?

Abraços!!! :D

Júlia Maria Rocha disse...

Oi, Fabricio,
quero te encontrar na feira do livro de Sertãozinho,gostei muito dos seus desenhos no cabelo,e também do seu bom humor!!!
"EMEF Prof Anacleto Cruz"
5°ano A

Marina Teresa Aures da Silva disse...

Olá meu nome é Marina,tenho 10 anos e moro em Sertãozinho que fica no interior de São Paulo.
Estudo na escola Anacleto Cruz.Gosto muito de suas crônicas são engraçadas e divertidas.
Uma coisa que me surpreendeu foi saber que mesmo com todas as dificudades você venceu com dignidade.
Agradeço por ser nosso patrono.
abraços...
Marina Teresa Aures da Silva.

Bento Qasual disse...

Agora são exatamente 08:53 da manhã, um frio do inferno, estou me embebedando para ver se espanto o frio, o inferno e o sono e quase tenho todo esse café quente saindo pelo nariz de tanto rir! Me imaginei em seu lugar, estaria solteiro agora... Jamais correria tanto à não ser que seja para fugir de algo muito ruim ou para achar um lugar onde comprar meus cigarros. Já percebeu como nos tornamos atletas e andamos quilômetros quando os cigarros acabam? rs
www.bentoxiii.blogspot.com

Débora Cristina Teixeira disse...

Ola, sou Débora estudo no Anacleto Cruz.Gosto muito do seu jeito de escrever.obrigada por ser o nosso patrono.Até a feira do livro de Sertãozinho.

Maíra Venancio e Paula disse...

Oi,eu me chamo Maíra Venancio e Paula,estudo na escola EMEF Prof. Anacleto Cruz na cidade de Sertãozinho SP. Eu quero te falar uma coisa a respeito da dança Báhtchê, eu tenho uma amiga que se chama Bárbara e a amiga dela achou na internet esta dança e o apelido dela é Báh e agora todos a chamam de TchÊ ,felicidades tchau.

Ana Flá´via Marteli da Cruz disse...

Olá, Fabricio! Tenho 10 anos, estudo no E.M.F Professor Anacleo Cruz ,minhas professoras Claudia e Ursula leram as suas obras. O que eu mais gostei mesmo foi da sua entrevista muito engraçada.E Muito feliz por você ser o nosso patrono, e curiosa para te conhecer.
Sertaozinho-SP
Beijos Curiosos.

José Paulo Jardim de Oliveira disse...

Ola,senhor Carpinejar eu sou José Paulo do Anacleto Cruz .Eu quero lhe parabenizar por que você será patrono da feira do livro.

Mariana Dezza Neves disse...

Oi, sou Mariana, tenho 10 anos e estudo na escola,Anacleto Cruz que fica em Sertãozinho-SP
Adoro suas crônicas,pois para mim a beleza está na essência e não na aparência.

Um beijo e até a feira!

Mariana Dezza Neves.

Cezare Mari Neto disse...

Olá, eu sou de Sertãozinho -SP. Sou da escola Anacleto Cruz e queria saber com qual tatuagem o senhor vai vir na cabeça em Sertãozinho, pois você será o patrono da nossa 8ª Feira do Livro.
Tchau!!

Enzo Sicchieri Calligioni disse...

Olá, Fabricio!

Gostei muito de você ser o nosso patrono da 8ª
feira do livro de Sertãozinho S.P.

Abraços!

Gabriel Tomazini Ferreira disse...

oi Fabricio Carpinejar meu nome é Gabriel Tomazini Ferreira eu estudo no Anacleto Cruz e as professoras do Anacleto Cruz são muito boas e quero dar o parabéns por ser nosso patrono da 8 feira do livro de Sertãozinho. abraços Gabriel

Antonio Cesar Peghini Junior disse...

oi sou Antonio da escola Anacleto Cruz gostei muito de você ser o nosso patrono sou de Sertãozinho você vai vir na 8ª feira do livro abraços.

Luana Nicolau de Souza disse...

Oi,sou uma aluna da escola Anacleto Cruz,de Sertãozinho,e se você não sabe, este ano é a oitava Feira do Livro e você é o nosso patrono.Eu Luana e minhas professoras,estamos estudando sobre você.
Só mais uma coisa,como é ser poeta?
Como é ser patrono?
Abraços!!!

Marcello Fernando Leão Filho disse...

Frabricio Carpinejar, você será o patrono da nossa 8ª da feira do livro de Sertãozinho. Eu gostaria de lhe fazer uma pergunta: Você virá na nossa 8ª feira do livro que é aqui em Sertãozinho com a cabeça raspada e as suas famosas tatuagens com cabelo?
EMEF Professor Anacleto Cruz.

Ana Julia Akassaka Ferraz disse...

Olà Fabricio Carpinejar
Sou Ana Julia,tenho 10 anos estudo na EMEF Prof.Anacleto Cruz,a minha professora Claudia e a professora Ursula leram o seu poema Minha Catequista.
Fiquei muito feliz que você vai ser o nosso patrono da nossa feira do livro.
Estou curiosa para te conhecer.
Até lá
Ana Julia

Mateus Henrique Ferreira Da Silva disse...

Olá, Fabricio Carpineja! Eu estudo na EMEF Prof Anacleto Cruz e estou muito curioso para te ver, pois você será o patrono da nossa 8ª Feira do Livro de Sertãozinho-SP. Espero te ver logo e só uma pergunta:
Que jeito de cabelo você vai vir? Um abraço!Até logo !!!

Giovanna de Casia Serigatti disse...

Olá Fabricio Carpinejar
Sou a Giovnna,tenho 10 anos estudo na escola EMEF Prof Anacleto Cruz em Sertãozinho estou no 5 ano.Estou muito contente de você ser nosso patrono na Feira do Livro de Sertãozinho,porque você é uma pessoa que faz poemas lindos.A professora Ursula e a professora Cláudia leram sua poesia Minha Catequista e eu gostei muito.
Um beijo
Giovanna

Nicolas Rafael Crescencio disse...

Bom dia!
Ola, sou de Sertãozinho estudo no Anacleto Cruz, estou no 5º ano B e eu e meus colegas estamos vendo seus livros e eles são muito legais e eu te admiro,quero te dar os parabéns por você ser o patrono da nossa feira do livro. Abraço! Nicolas

Ana Beatriz disse...

bom dia seu Fabricio.Estou muito feliz por você ser o patrono da 8ªfeira do livro do Anacreto Cruz.Eu morro em sertãozinho e gosto muito de voce.
Beijos de Ana Beatriz.

MARIA EDUARDA FERREIRA VASCONCELOS disse...

OI, FABRICIO!
EU ESTUDO NO ANACLETO CRUZ E VOCÊ VAI SER O PATRONO DA 8ºFEIRA DO LIVRO DE SERTÃOZINHO-SP.
QUE TIPO DE CABELO VOCÊ VAI VIR?
UM ABRAÇO!

Vinícius Guimarães de Melo disse...

Oi, Fabricio Carpinejar!
Eu sou da escola E.M.E.F "Prof Anacleto Cruz".
Eu fiquei sabendo pelas minhas professoras Ursula e Claudia que você será o patrono da nossa 8ª Feira do Livro de Sertãozinho e estou muito feliz!
Abraços!

Vitor Roberto Sanches Teixeira disse...

Olà Fabricio,sou Vitor e estou muito ansioso para conhecer você estudo na escola Anacleto Cruz, a professora Claudia e a professora Ursula falaram bem de você e leram o poema minha catequista.Parabéns adorei o seu poema vou te ver na Feira do Livro.
Até lá.Vitor 5ano B.

Eduarda Silveira Viana disse...

Oi Fabricio,
Eu sou a Eduarda da escola Anacleto Cruz.Eu estou muito feliz que você vai ser o Patrono da nossa 8° Feira do Livro de Sertãozinho,e estou super ansiosa pra te cconhecer.
O texto que você escreveu chamado Minha Catequisata é lindo eu amei ele.
Beijos e abraços Eduarda.

Letícia de Oliveira disse...

Olá gostei muito que você é o patrono da 8ª feira do livro de Sertãozinho,eu estudo na escola "Anacleto Cruz" gosto muito de você
Beijos de Letícia

Murilo Henrique de Faria disse...

oi eu sou o Murilo e sou da escola Anacleto Cruz minhas professoras Cláudia e Ursula leram um texto que fala de você gostei que você vai ser o nosso patrono da nossa 8ª feira do livro com que cabelo você vai vir esse ano?
abraços.

BIANCA MENDONCA OLIVEIRA disse...

Oi, Fabricio!
Sou a Bianca,e estudo no EMEF "Professor Anacleto Cruz", voce este ano sera o nosso grande Patrono da 8 Feira Do Livro de Sertaozinho.Estamos felizes em lhe receber em nossa cidade.
Ate a Feira do Livro,Beijos!

Ana Beatriz Rosa Alves disse...

Olá!Me chamo Ana Beatriz e gostei muito de saber um pouco mais sobre voc.Achei você uma pessoa engraçada e muito bem humorada,e queria ver uma de suas tatuagens na cabeça

beijos Ana Beatriz

Gustavo Ennes Jacob disse...

Oi, Frabricio Carpinejar,eu queria saber se você vai vir na 8 feira do livro de Sertãozinho com sua cabeça raspada e seus desenhos maravilhosos que você faz? Boa sorte!

ALLAN LEONARDO OLIVEIRA DO NASCIMENTO disse...

OI,fABRICIO
VOCê VAI SER O NOSSO PATRONO DA 8º FEIRA DO LIVRO DE SERTÃOZINHO-SP.
ESTOU CURIOSO PARA VER SEU CABELO, QUE DESENHO VOCê VAI ESTAR E SUAS CRÔNICAS SÃO DEMAIS!
UM ABRAÇO!

Maria Beatriz Ferreira. disse...

Oi! Estou ansiosa para te conhecer. Eu estudo na escola Anacleto Cruz, em Sertãozinho e fiquei feliz em saber que vôce vai ser o pratono da 8ª Feira do Livro de Sertãozniho-SP. Tenho 10 anos e sexta (20/08) eu farei 11 anos...
Que tipo de cabelo você vai vir ?

Tchau!!!

Vitor L. Olimpio G. disse...

E aí, Fabricio?! Achei legal você ser o patrono da nossa 8ªFeira do Livro de Sertãozinho-SP. Você vai vir com que jeito de cabelo? Eu já vi vários textos que você fez com as minhas professoras Claudia e Ursula. Adorei! Tchau!

Leticia Grizostimo Machado disse...

Oi, so Leticia eu estudo no EMEF.Prof Anacleto Cruz em Sertãozinho eu gosto das crônica que você faz .
Um beijo
Leticia

Stéfany de Paula Menegão disse...

Olá Fabricio como vai?Sou a Stéfany, estudo na EMEF. 'PROF. ANACLETO. CRUZ' em Sertãozinho tenho 10 anos e estou no 5anoB
Gostei de voce por ser nosso pratrono da Feira do Livro de Sertãozinho
UM BEIJO E UM ABRAÇO

Maria Eduarda Momesso disse...

Oi!Fabricio Capinejar
Eu sou Maria Eduarda Momesso tenho 11 anos.
Estudo na EMEF"Prof.Anacleto Cruz"e as minhas professoras são Claúdia e Ursula.
E eu adorei seu trabalho e achei bom demais.E gosto de você também porque é o nosso patrono da 8ª Feira do Livro de Sertãozinho-SP

Beijos e abraços!

Ro disse...

Muito Legal!!!Fiquei feliz que estas escrevendo também na Zero Hora.
Um beijão

Sole disse...

kkkkkkkkkk, ri muito com essa crônica, 'fiquei sem sentir a perna por dois dias', kkkkkkkkk

bjos

Leni disse...

Caraaaaaaaaaaaaaaaaaaaca! Que texto ótimo de ler. hahaha adorei, ri deemais com essa crônica Fabrício.
Acho que vou começar a comprar Zero Hora agora para ler-te.

Andréia Eguez disse...

Fabrício,

Freud já perguntava, O que quer uma mulher?
Pergunta que ficou sem resposta..Mulheres que a todo momento colocam em xeque o seu parceiro. Uma necessidade sabe deus de quê.
E vamos vivendo, sempre questionando tudo ao nosso redor.
Abraços e parabéns pela percepção aguçada sobre Nós, Mulheres!!!

Carla (Cacá) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carla (Cacá) disse...

kkkkkk Fantástico! É assim mesmo que acontece! Decifrou um super segredo, tão grande que nem as mulheres, de tão familiares que são com isso, sabem ser oculto... para os homens.
(Tinha colocado aqui, neste lugar mesmo, um trecho de um teste importante que fiz, mas retirei. Porque, afinal, a resposta não deve ser revelada, a não ser que tivesem passado).

Isabelle disse...

O 42 está em todo lugar, né?!