domingo, 12 de agosto de 2012

AMIZADE COLORIDA FUNCIONA?

Arte de Cínthya Verri

“Querido casal! Tenho uma amizade colorida há três anos. Até que ponto é saudável isto? Há regras? Somos muito amigos, ele me conta relacionamentos, eu me fecho. Ele pergunta: ‘Já imaginou se nos apaixonarmos?’. E eu: ‘Deixa rolar, estamos sujeitos a isso!’ Um beijo. Alice”

Querida Alice,

A amizade é o ferrolho da adolescência, onde nos protegemos das frustrações. Vocês estão brincando de pega-pega. Quando ele vai lhe alcançar, finge que não quer e se salva por mais um tempo. Mas o que mais deseja é perder a brincadeira para ganhá-lo. Desistir de competir para estar junto.

O medo de arruinar a convivência é uma desculpa furada. Sempre pensamos que podemos fazer a pessoa mais feliz do que é. No fundo, somos confiantes, somos orgulhosos, somos os melhores.

Vem deixando de falar o que sente por receio de levar um fora. Não é por generosidade ou para salvar o passado ou pelo bem dos dois. A covardia tem o costume de se esconder na timidez.

São três anos de hesitações e incertezas. É muito sofrimento à toa, tortura emocional, pequenos testes e provas.

Vocês estão por um fiozinho, a corda mais do que esticada, um olhando a boca do outro pelas três palavras redentoras. Na paixão, não existe fiado. Tem que falar na hora senão o sentimento muda e vira ressentimento.

Não transfira a responsabilidade, não sofra ouvindo casinhos, bancando a forte e inflexível, esclarecida e disponível, mas morrendo de ciúme em segredo. Esgote as possibilidades antes de se conformar. Ninguém é mais forte do que o amor. A fraqueza é sincera e sábia.

Se ele diz:

– Não quero estragar nossa amizade.

Responda com convicção:

– Eu quero estragar nossa amizade.

A réplica será um beijo. E sua tréplica será um novo beijo.

Declare-se, agora.

Abraço com toda ternura,
Fabrício Carpinejar

Querida Alice,

Era uma vez, a primeira noite da lua-de-mel:

– Querido, vá fechar a porta que dá para a rua. Ficou aberta.
– Fechar a porta? Eu? O noivo? Deve estar louca. Vá fechá-la você mesma.
– Ah, é? – gritou a noiva – Pensa que sou sua escrava? Não acredito!

Decidiram: o primeiro que falasse faria a tarefa. Sentaram-se em silêncio.

Ladrões aproveitaram a entrada destravada e recolheram tudo o que puderam. O casal testemunhava mudo.

Pela manhã, dois policiais investigaram a estranha casa desprotegida. Diante do silêncio abusivo, cada vez mais irritados, um deles disse ao parceiro:

– Dê um tapa neste homem para que recupere a razão.

Então a mulher explodiu:

– Por favor, não batam nele!
– Ganhei! – gritou imediatamente o marido. – Você vai fechar a porta!

Alice, é bonito que esteja questionando. Conversar já mostra que não tem vocação para o sofrimento. Quando pergunta se há regras, pressente que alguma coisa não anda generosa entre os dois. É questão de equidade: aplicar cada norma a cada caso. Ele fala de outras mulheres, você guarda a quietude. Por quê? Não está apenas esperando por ele secretamente? Fingindo modernidade?

Amizades coloridas existem, são possíveis com respeito e honestidade, cumplicidade e bom humor.  Talvez seja o caso. O ponto saudável é não haver sacrifícios; coragem de se entregar sem morrer para si. Saúde é ter a autonomia para depender. Não é vergonha assumir que seu amor mantém a janela aberta.

Beijos meus,
Cínthya Verri

Publicado no jornal Zero Hora
Coluna semanal, Caderno Donna, p. 6
Porto Alegre (RS), 12/08/2012 Edição N° 17159

Preservamos a identidade do remetente com nome fictício.
Nossos palpites amorosos não substituem consulta, terapia, exorcismo e qualquer tratamento técnico.
ESCREVA PARA colunaquaseperfeito@gmail.com

16 comentários:

O Rei do Drama disse...

eu vivo uma amizade colorida que me dói pq parece que sou eu sempre que vai atras, mas quando estamos juntos há cumplicidade. Ele ja disse que tinha medo de estragar nossa amizade, que tinha medo de me perder (como amigo) e eu respondi "já está me perdendo".
achei lindo seu texto, tocou fundo no meu coração nesse domingo solitário e sem graça. obrigado!

TaTa disse...

As cores as vezes se confundem como as palavras, ainda que claramente ditas, quase nunca são entendidas.
Ele diz rato, ela entende trato.
Ela fala tapa, ele ouve aspas.

Isabela Nogueira disse...

Ótimos textos! Congrats! =*

Anônimo disse...

O texto reluz em várias histórias a fora nesse Brasil. É engraçado ler coisas que eu já vivi. E algumas que estou vivendo na narrativa desses outros personagens. As soluções destrinchadas por vocês dois tão poéticas me deixam deveras reflexiva.

! Marcelo Cândido ! disse...

Amizades existem, e só o que pode estragá-las é quando um confunde sentimentos para o outro...

A Ex de Murphy disse...

Ter uma amizade colorida é sempre arriscar algo... Os sentimentos, a cumplicidade, é correr o risco de confundir as coisas, é de fato uma série de testes. E ou você ganha o relacionamento que no fundo tava esperando que existisse mesmo, ou chega a hora em que cada um segue o seu caminho e a amizade se estraga. Mas uma vez que se está nesse barco, tem que arriscar pra ver no que dá! =)

ana disse...

A única regra da amizade colorida é "não há regras". O nome já diz tudo. É uma amizade, pressupõe
autenticidade. É colorida, presssupõe alegria.

Arnaldo Junior disse...

Amizade colorida surge quando temos interesse pela pessoa, quando não dá certo a amizade dura.

Arnaldo Junior
juniorvla.blogspot.com

Poliana Figueiredo disse...

Vivo uma situação parecida, a diferença é que já tomei a decisão de tirar as cores e voltar a ser só amizade, espero que consiga seguir firme na decisão e deixar a razão falar mais alto, porque já sofri muito com ciúmes, incertezas, acho que só vale apena manter as cores se realmente for só amizade, quando há paixão de verdade tudo fica muito complicado...

Anônimo disse...

Amizade assim só funciona quando vc realmente não gosta dele...amizade pode ficar mais interessante assim porém se houver sentimento envolvido vc ira sofrer..

Carolina Menezes disse...

Se o cara já sai se questionando sobre o fato de se apaixonarem algum dia é porque ele ainda está indeciso. Talvez tenha falado isso apenas para provocar a mulher, mas se foi sério... Ah, se foi sério é bom que o lado apaixonado ceda. Ceder no sentido de se declarar, como o Carpinejar disse. É bom, faz bem pra alma. Vá que um dia você se arrependa por não ter dito tudo...

Beijos ao casal maravilha! Carolina M.

Anônimo disse...

Muito bacana! obrigada. achei também um site que pode complementar! escrevi minha história de amizade colorida que tive, no endereço: www.amizadecolorida.com da pra entrar pelo google também. Estou em busca de uma nova amizade colorida, já que com quem eu estava ficando foi embora para outra cidade. beijos

KmilaMassagista [+18] disse...

Muito bacana, obrigada! Estou em busca de uma nova amizade colorida, já que quem eu estava ficando foi embora para outra cidade. Achei um site que complementa sobre e escrevi minha história recente, o endereço é www.amizadecolorida.com da pra entrar pelo Google também.
beijos

Anônimo disse...

Meu melhor amigo é meu amigo colorido. É uma relação completamente saudável, porque nos amamos como só melhores amigos podem se amar e dividimos praticamente tudo. Conversamos sobre tudo, sabemos da vida um do outro mais do que qualquer outra pessoa no mundo. Já vi muita reportagem por aí dando um tutorial para se ter uma amizade colorida e muitos afirmavam categoricamente que não se deve haver sentimento, que não se deve ver a pessoa mais do que uma vez por semana, e outras bobagens como estas. Vejo este amigo quase todos os dias. Saímos juntos, sozinhos ou em grupo e nem sempre precisamos transar. Não existem regras, não existem cobranças. Diversas vezes vemos um ao outro com outras pessoas, algumas vezes até ajudamos no meio de campo. Somos também o wing man um do outro e é tudo tão natural, tão gostoso e tão sem ciúme que não sei como tem gente que racionaliza demais a amizade colorida. Só se deve deixar rolar.

Patricia disse...

Que seja amizade colorida ou preto e branco! O importante é sermos felizes.

Adorei o blog.

Um grande abraço!

Patricia
Oficina de Cestas

Anônimo disse...

Ola eu e um amigo decidimos começar uma amizadee coloridaa... temos pouco tempo de amizade e mas ele fala q tem medo de estragar a amizadee, sente ciumes..se estou c outra pessoa nem cv comig...oq faço?