sexta-feira, 18 de julho de 2014

A TERRÍVEL LISTA DE MERCADO

 Arte de Hans Hartung

A esposa já desistiu de me preparar a lista para o mercado. Meu aproveitamento foi caindo de 80% para 60% para 40%. É impossível acertar os produtos. Trata-se de um exagero de detalhes, uma personalização extremada. É muita especificidade a ser exigida de uma mente masculina. Não tenho que comprar um xampu, mas resolver uma charada. Além da marca, preciso acertar mais cinco categorias do rótulo. É xampu para cabelos semioleosos, loiros, para o sol ou sombra, para o inverno ou verão, de exposição prolongada ou reduzida ou intensa, sei lá mais o quê.

Não é mais lista de mercado, é uma tese. Logo virá com notas de rodapé e referências bibliográficas.

Se erro qualquer item, minha mulher ainda me cobra que não a conheço, que não presto atenção. Gera discussão de relacionamento e quiz show sobre tudo o que sei dela.

Perco horas conferindo as informações. Vou ao mercado de manhã e volto só de noite.

Ou trabalho ou faço super. Minha vida é este dilema.

Ouça meu comentário dessa sexta (18/7) na Rádio Gaúcha, programa Gaúcha Hoje, apresentado por Antonio Carlos Macedo e Jocimar Farina:

2 comentários:

Kaka Stelê disse...

Que legal!!! Pois é,nós mulheres somos muito exigentes :)

mara vargas disse...

Fantástico. ..kkkkk