quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

CONFESSIONÁRIO


Todo mundo já pecou. Confesse seu pecado comigo. Venha por aqui.

13 comentários:

.Sté. disse...

Rachei de rir dessa foto
kkkkkkkkkk

Yohana SanFer disse...

huahuahuahuaha...muito criativa e inusitada a idéia!Adorei...só faltou ser no RJ não é?! Quando teremos um curso seu por aqui hein Fabrício???rs

Anônimo disse...

Rapaz deverias ter mais cautela com o que faz.

Deus tá vendo, lembra dos 10 mandamentos? Então...

Presta atenção com o que fazes, onde e com quem andas!

Wanderson disse...

@uchoadelima @CARPINEJAR Não é incompreensível a busca pelo 'amor-eterno'? Essa busca é mesmo exclusivamente feminina?

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Não deu certo lá então vai por aqui mesmo:

Sua imponência transpira autoridade!

Era o que me faltava! Ter o Carpinejar como padre.

PADIM

GOVINDA/GOPALA/OMMM/EMMM

Vixi - isso é mantra dos Krishna! Faz mal não! Esses missais embora não sigam o mesmo estilo é tudo fubá da mesma polenta! Então vou entender que são da mesma família, já que o propósito é libertar.

Já que está com os dez mandamentos na mão direita e a triste realidade revelada na esquerda, desentupa o ralo de minha ignorância e diga-me:

Não consigo deixar ninguém me tocar. Acho que estou esterelizada, e, sobretudo, porque a vida não me ensinou um jeito de usar as pessoas para depois descartá-las. PADIM - eu fui chutada! Onde? No traseiro, uai! O ordinário me trocou por uma ogra. E o pior é que eu ainda gosto dele, dá pra acreditar? Eu até penso que quando a separação não está dando certo o jeito é reconciliar, mas nesse caso eu não estou achando o caminho de volta. Pensei até ir no seu Consultório Poético pra consultar. Mas num vô não. Tenho medo do que eu vou escutar.

Carpinejar meu companheiro de fadigas, ache um jeito de me responder um dia. Quando a gente seca por dentro, como se faz pra voltar a brotar?


Que o espirito Santo dê um jeito de te avisar! rs


Um abraço mineiro da Pipa.

Comigo é na base do pão de queijo!

A Mina do cara! disse...

sua ideia é ótima. torcer para ser bom para os alunos o curso.

Rodrigo Policarpo disse...

Tenho orgulho de nunca ter pecado. Este prêmio me dá gula, mas a ira de saber que um pecador o vencerá, me leva à melancolia.

Anônimo disse...

meu pecado é ter sentido inveja de nao ter tido essa brilhante idea antes de vc...kkk

águeda ferrão disse...

HAHAHAHAHAHAH ADOREI, SÓ VC MESMO.
BEIJOS
águeda ferrão

Wagner Marques disse...

Me masturbei pensando numa freira!

Eliane Ratier disse...

Como se não bastasse o Carpinejarday, agora temos o próprio, em retrato personificação de fetiche,a pedir confissões pecaminosas para seu deleite. O que atenua a falta é que ele pede que as confissões sejam públicas, neste espaço, para o gozo coletivo.Oro pronóbis no pão de queijo abençoado da Pipa, usando luvas para cumprimentar o Wagner Marques, enquanto Rodrigo Policarpo, paramentado no confessionário, ouve as confissões dos anônimos presentes. Beijos

Margareth disse...

Você em Fabrício, de tudo um pouco, agora atuando de vigário para absolver seus fies leitores. Que bom poder só dobrar os joelhos e confessar meus pecados para receber o seu perdão sem penitências. A sua benção senhor, falo o que sinto, a língua acelera só freia quando já era, já foi. Por tudo peco, não importa a ocasião, todos os dias, a qualquer momento, em todos os instantes. Peco até quando acho que não estou pecando. Às vezes só em pensar já estou pecando. Mas os meus pecados de maça (imperdoável) não posso contar. Agora pecado mesmo é não entrar todos os dias nesse espaço, assim como em outros, e deixar de correr os olhos nos seus textos assim como, lógico, nos comentários. Confesso, sou uma pecadora, estou viva, estou pecando, só quero perdões ou simples desculpas. Amém.
Margareth.

Márcio Ezequiel disse...

Fabre, eu pequei de novo...

http://bit.ly/hss5O8