sexta-feira, 15 de março de 2013

PECADO ORIGINAL

Arte de Sophie Taeuber-Arp

Em restaurante de São Leopoldo, um advogado avisou ao gerente que sua filha só tinha quatro anos, para não pagar nada.
 
A filha olhou para o pai com desencanto e explicou bem alto:
 
— Pai, eu tenho sete anos, já estou na escola, já sei ler e escrever.
 
A menina chorou, abriu um berreiro: o pai não sabia sua idade.
 
Aliás, as mulheres mentem sua idade na vida adulta porque os pais mentiram a idade delas quando elas eram pequenas. Tudo começou com o meio-buffet.
 
Ouça meu comentário na manhã de sexta-feira (15/3) na Rádio Gaúcha, programa Gaúcha Hoje, com Antonio Carlos Macedo e Jocimar Farina:
 

2 comentários:

Arianne Barromeü disse...

Hahahaha. Meu pai é desses! Vive errando minha idade. Descontraiu bastante esse texto!


Beijos,
Arih (http://eppifania.blogspot.com.br)

Controvento-desinventora disse...

A verdade é que a mentira é uma herança.