terça-feira, 19 de março de 2013

SEGREDO CANINO


Arte de Keith Haring

O cachorro é o nosso verdadeiro teste vocacional. Nossa caixa-preta. 

Pelo nome que damos ao nosso cachorro, sabemos quem somos. O que queremos. O que desejamos. 

O cão entrega nossa ânsia pela fama, denuncia nossa grandiloquência enrustida. 

Você não vai chamar sua cadela de Shakira se não se acha a mais gostosa do bairro.  

Você não vai chamar de Tyson se não se acha o mais marombado da academia. 

Podemos até disfarçar a onipotência no nome dos filhos, mas acabamos nos entregando nos animais de estimação. 

Um amigo pode dizer que não é ganancioso, mas chama seu buldogue de Napoleão. É um aviso, o sujeito deve ser altamente autoritário no trabalho.

Se você diz que odeia os comunistas, mas chama seu boxer de Fidel, algo está errado. 

O nome do cachorro revela nossa ambição. Escondemos nossa mais sincera pretensão na homenagem divertida.

São raros os apelidos carinhosos e neutros como Totó, Mel, Bidu, Xodó, Rex, Pipoca. Hoje os cachorros têm certidão de nascimento pomposa. Não são mais cachorros, mas Wikipédia.

Se seus cachorros são Freud e Lacan, já é um caso psiquiátrico. 

Se nomeia seu pequinês de Elton John, tem um lado princesa florescendo em você.

Se batizou seu companheiro de parque de Beethoven, é um músico frustrado. Se oferece o nome de Quintana, gostaria de ser poeta. 

Diga-me o nome do seu cachorro e te direi quem és.

Ouça meu comentário na manhã de terça-feira (19/3) na Rádio Gaúcha, programa Gaúcha Hoje, apresentado por Antonio Carlos Macedo e Daniel Scola:

10 comentários:

ana disse...

Eu sempre observei isso. As pessoas projetam no cachorro
aquilo que gostariam de ser ( Freud , Shakira) ou aquilo que realmente sāo, mas reprimem...(Napoleao, Huck, Fidel).

Anônimo disse...

O meu se chama "Jimmy" Hendrix. Sou uma roqueira fresca e enrustida rsrs.

Bianca

Pri disse...

HAHAHAHA
Gostei dessa!
Minha york tem o nome de "Princesa"... hahaha Acho que no fundo minha mãe, minhas irmãs e eu sempre quisemos que fôssemos tratadas como princesas. hehe
Beijo,
Pri

www.multicromatica.blogspot.com
www.gostosurasmaistravessuras.blogspot.com

Manuela Pires disse...

Kojak e Dexter, e aí? hahaha

Anônimo disse...



Uaiii to bem...rss JOAQUIM BARBOSA e o outro cachorro TUCO (Gde família).

ૐ 'Priscylα disse...

Adorei! Mas e quando sua cachorra se chama Hoshii? kkkkkk
Beijos.

Diana Costa disse...

Minha Boxer chamava-se YUCKA.
Qual o meu segredo Fabricio?

Olívia disse...

de fato, deve estar certo. O nome do meu bichinho é Tom Jobim.

Anônimo disse...

Comprei um cachorrinho lindo como Lulu da Pomerânia, porem o veterinário logo no inicio avaliou e disse que se tratava de um maltês. O mais importante é que ele é lindo, doce,carinhoso, enfim, tudo de bom. O nome dele é Kauan Henrique. E aí, o que significa o nome do meu docinho de coco??
Um abraço
Neides

Denise santos disse...

Risos, adorei.

Minha cachorrinha se chama Lady Lua, foi meu pai quem escolheu o nome dela.
Beijo.