segunda-feira, 9 de julho de 2012

CDF

Arte de Paul Klee

A criança superdotada é a que mais sofre em sala de aula, não aquele que tem dificuldade de aprendizado.

Ela tem que esperar a turma aprender para seguir adiante, suportar as negativas da professora na hora de responder as perguntas e aturar o boicote dos colegas quando não passa cola nas provas.

Ouça meu comentário de sábado (7/8) na Rádio Gaúcha, programa Gaúcha Hoje, com apresentação de Fernando Zanuzo e Georgia Santos:


2 comentários:

Steffi de Castro - Teffi disse...

Eu sei bem o que é isso, Carpi. Não que eu tenha sido uma menina prodígio, mas sei o quanto sofri com as piadinhas, as brincadeiras e o aproveitamento dos coleguinhas...

http://larescrituraria.blogspot.com

Fernanda disse...

Concordo plenamente. Sofri horrores nas mãos de meus colegas de escola, pois tirava notas mais altas. Como consequência, hoje, já adulta, sempre acho que as pessoas não gostam de mim ou querem se aproximar para obter alguma vantagem, como era na escola.